Bia

Últimas Noticias

POLITICA

COVID-19: Técnicos do Lacem estão sendo capacitados em Salvador para realização dos exames em Conquista

Ò Laboratório Central Municipal de Vitória da Conquista (Lacem), administrado pela Fundação Pública de Saúde, vai realizar o exame PCR-RT para detecção do vírus causador da Covid-19. Três farmacêuticos bioquímicos estão em Salvador, desde a última terça-feira (21), onde estão sendo qualificados pelos técnicos do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen).

“Somos habilitados pelo Ministério da Saúde para realização de exames de biologia molecular. Assim que fomos informados pelo ministério que iríamos realizar também o teste para Covid-19, entramos em contato com o Lacen do Estado para conhecer as exigências. Por se tratar de uma amostra diferente da que estávamos trabalhando, consideramos mais prudente encaminhar uma equipe para qualificação”, explica Renata Tentis, coordenadora do Laboratório Central.

O diretor-presidente da Fundação de Saúde, Diogo de Azevedo, afirmou que a realização dos exames no Laboratório Central Municipal vai auxiliar o governo municipal na política de combate à Covid-19 e aumentar a segurança quanto ao número de pessoas infectadas. “A Prefeitura tem atuado firmemente nesta questão e a Fundação vem se unir neste momento em que precisamos atuar solidariamente para voltarmos à normalidade”, afirmou.

Funcionando em área anexa ao Hospital Esaú Matos, o Lacem atende 31 municípios, auxiliando o Estado no controle de doenças de agravo de saúde pública. Com uma equipe de 69 colaboradores, entre técnicos, auxiliares de serviços gerais, assistentes administrativos, bioquímicos e biomédicos, o Lacem realiza cerca de 90 mil exames/mês. São mais de 130 tipos de exames básicos a complexos, nas áreas de hematologia, bioquímica, imunologia, hormônios, marcadores tumoriais, parasitologia, urinálise e biologia molecular.

Atendendo às determinações de regulação e funcionamento do Ministério da Saúde, com uma área de mais ou menos 1.200 m2, dividida em recepção/coleta e área técnica, o Lacem dispõe de equipamentos automatizados para realização de exames. Seus técnicos em laboratórios possuem curso técnico em análises clínicas.

POLITICA

População de Vitória da Conquista adere ao uso obrigatório de máscaras

Por meio do Decreto nº 20.265/20, a Prefeitura de Vitória da Conquista está exigindo o uso de máscaras para a população que frequentar lojas, bancos e estabelecimentos que mantêm o atendimento ao público. A obrigação também é válida para os usuários de transporte coletivo, de táxis ou de veículos por aplicativo. A medida, que teve início nesta quinta-feira (23), é mais decisão do Governo para a prevenção do contágio pelo novo coronavírus.

A médica pneumologista do Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, Vanessa Khouri, explica a importância desse procedimento: “A máscara é uma medida eficaz de proteção, porque barra a disseminação e o contágio do vírus e de outros germes, que a gente acaba também transmitindo por meio das gotículas respiratórias.”

Segundo ela, um paciente infectado que não estiver fazendo o uso de máscaras tem 70% de chances de contaminar uma pessoa que está usando a máscara. Na situação contrária, em que o paciente infectado estiver protegido, mas a pessoa que ele tiver contato não utilizar a máscara, a probabilidade de contágio é de 50%. Porém, se ambos estiverem fazendo o uso da proteção, as chances de contágio caem para menos de 20%.

Nas ruas de Vitória da Conquista, a população demonstrou estar ciente da importância do uso desse equipamento. No centro da cidade, a maioria das pessoas que circulava pelo comércio de produtos essenciais, estabelecimentos bancários ou pontos de ônibus estava vestindo máscaras de proteção.

Uma delas foi o lavrador Djalma Nunes de Oliveira, que precisou ir ao comércio nesta manhã. “Saio de casa e já coloco a máscara. Protege a gente e as outras pessoas. É bom se prevenir”, afirmou.

Por ter consciência da sua importância, o funcionário público Gleiton Mendes faz uso da máscara antes mesmo da sua obrigatoriedade

A auxiliar de serviços gerais Teresa Sousa Gomes é usuária do transporte coletivo municipal. Ela diz se sentir mais segura sabendo que todos no veículo estarão usando máscaras: “Eu acho bom, porque assim evita mais a doença se espalhar.”

Para o funcionário público Gleiton Mendes, a exigência do uso desse equipamento é muito importante. “Pelo tipo de contaminação desse vírus, a gente se proteger com a máscara é um dos métodos de prevenção. E também desde hoje é uma obrigatoriedade, mas já tem semanas que eu faço uso da máscara”, relata.

Tipos de máscara – Segundo a pneumologista Vanessa Khouri, as máscaras de pano devem conter duas camadas de tecido e, preferencialmente, possuir um filtro de TNT entre elas. Esse tipo é indicado para pessoas que não apresentam sintomas de gripe e precisam sair de casa. Ela pode ser usada por duas horas de forma contínua. Para higienizá-la, basta deixá-la imersa em uma solução de água filtrada com duas colheres de água sanitária, e depois, fazer a lavagem com água e sabão.

A pneumologista Vanessa Khouri faz uso de uma máscara do tipo PFF2 ou N95. Na mesa, ela expõe a máscara cirúrgica e a máscara de pano

Já as máscaras cirúrgicas são indicadas para profissionais de saúde ou para pessoas que estão com sintomas de gripe. Elas podem ser utilizadas de quatro a seis horas contínuas, desde que não apresente umidade. Caso esteja umedecida, a máscara perde o seu filtro de proteção e deve ser trocada.

As máscaras do tipo PFF2 ou N95 são de uso exclusivo de profissionais de saúde que terão contato com pacientes confirmados ou suspeitos de infecção pelo coronavírus. Elas não devem ser adquiridas para o uso rotineiro da população.

Todos os tipos de máscara devem ser manuseados apenas pelos elásticos e não devem ser tocadas durante o seu uso.

POLITICA

Prefeitura promove reunião com instituições de saúde para traçar estratégias de atendimento aos pacientes com coronavírus

Na tarde desta quinta-feira (23), aconteceu no auditório do Cemae uma reunião promovida pela equipe de coordenação do Centro de Atenção Municipal – Coronavírus, da Prefeitura Municipal, com instituições de saúde do município. O encontro teve como objetivo o alinhamento de ideias e a comunicação entre os órgãos como estratégia para o tratamento do coronavírus na cidade.

Na reunião estiveram presentes os representantes da Santa Casa de Misericórdia – Hospital São Vicente, do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) e do Hospital Unimec, que receberam informações sobre o funcionamento do Centro tanto na oferta de tratamento, quanto no treinamento de equipes de saúde.

Para a coordenadora de enfermagem do Centro de Atenção, Cíntia Rangel, o Centro deverá receber pacientes pré-avaliados e encaminhados pelas unidades básicas de saúde. “Aquele paciente que está na unidade básica, que requer uma atenção melhor, apresente uma comorbidade (doença que facilite a manifestação de outras doenças) e desconforto respiratório, será referenciado para o Centro de Atenção e lá vai receber os primeiros cuidados”, explica Cíntia.

A coordenadora ainda ressalta que a comunicação entre os gestores da saúde é essencial . “Conseguimos hoje, com essa reunião, unificar a comunicação e explicar como será o fluxo de pacientes no Centro de Atenção. Este encontro é uma das últimas etapas e assim que toda essa logística entre as instituições estiver devidamente alinhada iremos começar a operar”, conclui.

POLITICA

23/04 – Boletim epidemiológico: Secretaria de Saúde investiga morte suspeita por coronavírus

De acordo com Boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (23) pela Secretaria Municipal de Saúde, se mantém o número de 26 casos confirmados de Covid-19, dos quais: 20 pacientes evoluíram para cura e 1 para óbito. Dos casos confirmados que aguardam alta, 1 encontra-se internado e 4 permanecem em isolamento domiciliar.

Até às 17h de hoje (23), foram registrados 526 casos notificados com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo Novo Coronavírus. Destes, 433 foram descartados e 67 estão sendo investigados, sendo que 32 aguardam resultado laboratorial e 35 aguardam coleta de amostra.

Uma das pessoas indicadas como caso suspeito para coronavírus faleceu hoje, 23 de abril. A Secretaria de Saúde aguarda o resultado do exame que é realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública, em Salvador.

Os bairros Centro, Brasil, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Candeias, Primavera e Lagoa das Flores, foram as localidades que registraram casos confirmados de pacientes com Covid-19.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional, e, por esse motivo, definições operacionais foram discutidas com o objetivo de orientar o serviço de Vigilância na identificação e notificação dos casos de Covid-19. Essas definições são orientadas por meio do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de importância Nacional pela doença da Covid-19 e na Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de que, neste momento, a população siga as orientações de distanciamento físico e isolamento social, mantendo os cuidados de higiene, evitando aglomerações e, caso apresente sintomas da doença, entre em contato imediatamente com uma Unidade de Saúde ou com o Call Center.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Além disso, crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também como casos de Síndrome Gripal: febre de início súbito e sintomas respiratórios (tosse, coriza e obstrução nasal), caso também não tenha outro diagnóstico específico.

Contatos:

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911
POLITICA

Auxílio Emergencial: Caixa vai pagar para quem não recebeu os R$ 600

O auxílio emergencial do governo está sendo pago para os informais, microempreendedores individuais (MEIs), contribuintes individuais do INSS e desempregados. Para ter direito é preciso se registrar no site da Caixa Econômica Federal e ou pelo App e solicitar o pagamento. No entanto, milhares de brasileiros não foram bem-sucedidos e ainda não receberam.

E para os brasileiros com problemas na inscrição ou ainda não foram pagas, estes vão ter direito ao pagamento das parcelas que já foram pagas de maneira retroativa?

Segundo o ministério da Cidadania, mesmo que o cidadão faça uma solicitação depois do pagamento da priMEIra parcela, o trabalhador terá direito a três parcelas do auxílio emergência. Vale ressaltar que os beneficiários do Bolsa Família e os beneficiários do CadÚnico cadastradas não precisam se cadastrar através do site ou aplicativo, pois o pagamento será feito automaticamente.

Desde o lançamento do pagamento do auxílio emergencial em 9 de abril, a Caixa Econômica Federal já emitiu o pagamento de R$ 600 a 31,3 milhões de brasileiros.

Quem já recebeu até o momento:

  • 10,5 milhões de inscritos Cadastro Único que não recebem Bolsa Família;
  • 7,7 milhões de beneficiários do Bolsa Família; e
  • 13,1 milhões de cadastrados via aplicativo e site.

Até o momento, 44,9 milhões de brasileiros concluíram o registro no site e aplicativo.

O site oficial de registro “auxilio.caixa.gov.br” ultrapassou 275 milhões de visitas, enquanto a central exclusiva 111 registrou mais de 57 milhões de chamadas. Além disso, foi feito:

  • 53,1 milhões de downloads do aplicativo auxílio emergencial Caixa
  • 31,9 milhões de downloads do aplicativo Caixa Tem (para movimentação da poupança digital).
Auxílio Emergencial

Expansão do auxílio de R$600 para novos beneficiários é aprovado pelo Senado

Na quarta-feira, 22 de abril, o Senado Federal aprovou a proposta (PL 873/2020), que ampliou a lista de beneficiários (incluindo pais solteiros e mães adolescentes) que podem receber auxílio emergencial de R$ 600 por três meses.

O período de benefício (hoje 3 meses) também permanece inalterado. Uma alteração aprovada é a remoção do requisito de limite máximo de renda de 2018 para se beneficiar do programa.

Os profissionais que poderão ser beneficiados com a medida foram especificados no texto aprovado pelo Senado. A relação, entretanto, não impede que outras atividades também possam ser contempladas, desde que respeitadas as exigências.

Estão na lista dos profissionais contemplados:

  • Pescadores profissionais e artesanais, aquicultores, marisqueiros e os catadores de caranguejos;
  • Agricultores familiares, arrendatários, extrativistas, silvicultores, beneficiários de programas de crédito fundiário, técnicos agrícolas, assentados da reforma agrária, quilombolas e demais povos e comunidades tradicionais;
  • Trabalhadores das artes e da cultura, entre eles os autores e artistas, de qualquer área, setor ou linguagem artística, incluídos os intérpretes, os executantes e os técnicos em espetáculos de diversões;
  • Cooperados ou associados de cooperativa ou associação de catadores e catadoras de materiais recicláveis, os cooperados ou associados de cooperativa ou associação;
  • Taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativo, motoristas de transporte escolar, trabalhadores do transporte de passageiros regular, microempresários de vans e ônibus escolares, caminhoneiros, entregadores de aplicativo;
  • Diaristas, cuidadores, babás;
  • Agentes de turismo, guias de turismo;
  • Seringueiros, mineiros, garimpeiros;
  • Ministros de confissão religiosa e profissionais assemelhados;
  • Profissionais autônomos da educação física, trabalhadores do esporte, entre eles atletas, paratletas, técnicos, preparadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, árbitros e auxiliares de arbitragem, trabalhadores envolvidos na realização das competições;
  • Barraqueiros de praia, ambulantes, feirantes, camelôs e baianas de acarajé, artesãos, expositores em feira de artesanato;
  • Garçons;
  • Manicures e os pedicures, cabeleireiros, barbeiros, esteticistas, depiladores, maquiadores e demais profissionais da beleza;
  • Empreendedores individuais das categorias de beleza, cosméticos, terapias complementares, arte-educação e de atividades similares;
  • Empreendedores independentes das vendas diretas, ambulantes que comercializem alimentos, vendedores de marketing multinível e os vendedores porta a porta;
  • Sócios de pessoas jurídicas inativas;
  • Produtores em regime de economia solidária; e
  • Professores contratados que estejam sem receber salário.

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto revisou a lei de 1993, que envolve as organizações de assistência social do país. De acordo com o texto, dentro de três meses, será prestado o auxílio emergencial de R$ 600 aos trabalhadores que atenderem simultaneamente às seguintes condições:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até MEIo salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70. Exigência excluída pela Câmara em 16/04/2020.

Se os requisitos acima não forem atendidos, a ajuda será cortada. O texto também afirma claramente que os trabalhadores devem realizar atividades nas seguintes condições:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estipula que apenas duas pessoas da mesma família podem receber o auxílio emergencial. E o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. As trabalhadoras informais chefes de família receberão R$ 1.200.

//jornalcontabil

POLITICA

Aumento expressivo de internações por síndromes respiratórias indica subnotificação da Covid-19, diz estudo

Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostra um aumento expressivo nas internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) neste ano no Brasil, em comparação com a média dos últimos dez anos. Especialistas afirmam que estes dados indicam uma subnotificação dos casos da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

A Síndrome Respiratória Aguda Grave é uma doença respiratória que exige internação e é causada por um vírus, seja ele o novo coronavírus, o influenza ou outro. Os casos são relatados pelos hospitais ao Ministério da Saúde e consolidados pela Fiocruz, que os divulga pela plataforma Infogripe.

Na contagem da Fiocruz até 4 de abril deste ano, o Brasil teve 33,5 mil internações por SRAG, muito acima da média registrada desde 2010, de 3,9 mil casos. Mesmo em 2016, quando houve um surto de H1N1, foram contabilizados 10,4 mil casos no mesmo período do ano.

Cientistas da Fiocruz listam três motivos que apontam o novo coronavírus como responsável pelo crescimento dos casos: o aumento das internações fora da época, a maior incidência em idosos e o porcentual mais alto de testes negativos para outras gripes.

//metro1

POLITICA

Uso de máscara é obrigatório a partir de hoje (23)

Mais uma medida de proteção foi implantada pela Prefeitura de Vitória da Conquista: a partir de hoje (23), quem precisar entrar em ônibus ou estabelecimentos autorizados a funcionar, deve usar máscaras.

A obrigatoriedade foi estabelecida pelo  Decreto 20.265, publicado no no Diário Oficial em 19 de abril e tem o objetivo de reduzir a circulação do vírus no município e proteger a população. O cumprimento do Decreto é de responsabilidade dos comerciantes e dos motoristas.

A recomendação do Ministério da Saúde é que a população use máscaras de algodão, que também funcionam como barreiras na propagação da doença. Nas nossas redes sociais, ensinamos como produzir uma máscara em casa. Acesse aqui!

POLITICA

22/04 – Boletim epidemiológico: 73 casos suspeitos de Covid-19 aguardam resultado ou coleta

Desde o dia 27 de fevereiro, data das primeiras notificações de casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus, até às 17h desta quarta-feira (22), Vitória da Conquista registrou 519 casos notificados – segundo informações divulgadas no Boletim epidemiológico que acaba de ser divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Até o momento, 420 casos já foram descartados e 26 confirmados laboratorialmente, sendo que 19 evoluíram para cura e um para óbito. Destes pacientes que testaram positivo para o vírus e ainda se encontram em recuperação, 2 permanecem internados e 4 estão em isolamento domiciliar.

Estão em investigação 73 casos: 28 aguardando resultado laboratorial e 45 aguardando coleta de amostras para análise. Do total de pacientes que estão em aguardo de resultado ou coleta, 3 estão internados e 70 em isolamento domiciliar.

A análise das amostras, bem como a divulgação dos resultados são feitas pelo Lacen Estadual, em Salvador, que transmite as informações à Vigilância do município por meio do sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL).

Os bairros Centro, Brasil, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Candeias, Primavera e Lagoa das Flores, foram as localidades que registraram casos confirmados de pacientes com Covid-19.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional, e, por esse motivo, definições operacionais foram discutidas com o objetivo de orientar o serviço de Vigilância na identificação e notificação dos casos de Covid-19. Essas definições são orientadas por meio do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de importância Nacional pela doença da Covid-19 e na Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de que, neste momento, a população siga as orientações de distanciamento físico e isolamento social, mantendo os cuidados de higiene, evitando aglomerações e, caso apresente sintomas da doença, entre em contato imediatamente com uma Unidade de Saúde ou com o Call Center.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Além disso, crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também como casos de Síndrome Gripal: febre de início súbito e sintomas respiratórios (tosse, coriza e obstrução nasal), caso também não tenha outro diagnóstico específico.

Contatos:

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911
POLITICA

Bahia chega a 51 mortes por coronavírus, com 1.644 casos confirmados

A Bahia registrou duas novas mortes por covid-19, segundo boletim da Secretaria de Saúde do estado (Sesab) divulgado nesta quarta-feira (22). A morte de um funcionário das Organizações Sociais Irmã Dulce (Osid) ainda não entrou no balanço da secretaria, mas foi confirmada pela instituição, o que leva o número total de óbitos a 51.

A 49º morte aconteceu ontem, em um hospital público de Salvador. A vítima era um homem de 62 anos que tinha histórico de doença cardiovascular e pneumonia crônica. Ele morava em Capim Grosso.

O 50º caso foi de uma idosa de 97 anos que tinha hipertensão, Parkinson e Alzheimer. Ela estava desde 17 de abril internada em um hospital da capital, onde acabou falecendo também ontem.

Já o caso do funcionário da Osid, que ainda não está no balanço, aconteceu hoje. O técnico de enfermagem Antônio César Ferreira Pitta de Jesus, 48 anos. Cesinha, como era conhecido, trabalhava no Hospital Santo Antônio, das Osid, como funconário do banco de sangue da unidade. Ele estava internado no Hospital Couto Maia, em Salvador, unidade de referência para tratamento da covid-19.

As mortes aconteceram nas cidades de Água Fria (1); Adustina (1); Araci (1); Belmonte (1); Capim Grosso (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (1); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (24); Uruçuca (2); Utinga (1); Vitória da Conquista (1).

A Bahia registra 1.644 casos confirmados do novo coronavírus. Ao todo, 388 pessoas estão recuperadas e 165 encontram-se internadas, sendo 61 em UTI.

Mortes por coronavírus na Bahia (mais…)

POLITICA

Médico de 32 anos e sem problemas de saúde morre de coronavírus em São Paulo

O médico Frederic Jota Silva Lima foi, aos 32 anos, mais uma vítima da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em São Paulo. O profissional morreu nesta segunda-feira (20), no Hospítal Emílio Ribas.

Segundo a TV Globo, os familiares e amigos de Frederic disseram que ele não tinha histórico de doenças, como pulmonar. Muito pelo contrário. Além de jovem e fora do grupo de risco, ele praticava esportes e procurava manter uma vida saudável.

Lima chegou ao hospital com muita falta de ar e foi encaminhado ao pronto-socorro, na madrugada de segunda. Ele já chegou ao hospital de referência paulistano em estado grave. Internado, ele chegou a ser entubado, mas não resistiu e morreu no mesmo dia.

O médico era paraense e trabalhava nas UPA (Unidades de Pronto Atendimento) de Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo (ABC Paulista), e 26 de Agosto, na Vila Carmosina, na zona leste de São Paulo. (mais…)

POLITICA

Primeira morte por Covid-19 nos EUA ocorreu 20 dias antes do reportado

Duas pessoas que morreram na Califórnia no início e em meados de fevereiro foram as primeiras vítimas fatais do novo coronavírus nos Estados Unidos, semanas antes do dia 26 de fevereiro, quando foi registrada oficialmente a primeira morte no país, em Washington. A informação é da AFP.

Segundo autoridades do condado de Santa Clara, as autópsias realizadas nas duas pessoas, que morreram em suas casas nos dias 6 e 17 de fevereiro, concluíram que a Covid-19 foi a causa dos óbitos. Além dessas duas mortes anteriores, um terceiro óbito, registrado em 6 de março, foi acrescentado ao balanço oficial.

“As três pessoas morreram em casa, no momento em que tínhamos muito poucos testes, e só aconteciam por meio dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC)”, afirmou o legista do condado. A previsão é que novas mortes sejam confirmadas em Santa Clara.

POLITICA

Prefeito de Manaus chora, pede ajuda e diz que Bolsonaro tem de ser presidente de verdade

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, afirmou à coluna Painel, da Folha, que 91% dos leitos de UTI da capital do Amazonas estão ocupados e que certamente há subnotificação de casos de coronavírus da cidade. Até o momento, os números oficiais mostram que a cidade tem 1.809 casos e 163 mortes pela covid-19.

O chefe do Executivo municipal também demonstra preocupação com o número de pessoas que morrem em casa. No domingo (19), 17% das 122 pessoas enterradas na cidade não perderam a vida no hospital. Na segunda (20), o número já chegou a 36,5% das 108.

“São números que mostram o colapso. Estamos chegando no ponto muito doloroso, ao qual não precisaríamos ter chegado se tivéssemos praticado a horizontalidade da quarentena, no qual o médico terá que se fazer a pergunta: salvo o jovem ou o velho? Estamos em ponto de barbárie”, disse, na entrevista à Folha.

Na segunda (20), Virgílio reuniu-se com o vice-presidente, Hamilton Mourão, para apresentar as demandas da cidade na pandemia. A capital precisa de aparelhos de tomografia, profissionais treinados, equipamentos de proteção individual e remédios.

O prefeito de Manaus ainda afirmou à coluna que aproveitou o encontro para desabafar contra o presidente Jair Bolsonaro. Ele, cujo pai, o senador Arthur Virgílio Filho, teve o mandato cassado pela ditadura militar, revoltou-se com a presença do presidente no ato pró-golpe militar de domingo (19). Segundo Virgílio, Mourão ouviu calado.

“Não podia deixar de condenar o presidente participar de um comício, aglomerando, e ainda por cima tecendo loas a essa coisa absurda que foi o AI-5. Cassou meu pai, cassou Mário Covas, pessoas acima de quaisquer suspeitas, e que serviam o país”, diz.

“É de extremo mau gosto o presidente participar de um comício, insistentemente contrariando a Organização Mundial da Saúde e os esforços que fazem governadores e prefeitos”, acrescentou Virgílio. “Bolsonaro toca diariamente nas minhas feridas.”

Na entrevista, Virgílio ainda chorou ao comentar a declaração do presidente Jair Bolsonaro, que disse que “não é coveiro” após ter sido perguntado pela Folha sobre o número de mortes por coronavírus. “Queria dizer para ele que tenho muitos coveiros adoecidos. Alguns em estado grave. Tenho muito respeito pelos coveiros. Não sei se ele serviria para ser coveiro. Talvez não servisse. Tomara que ele assuma as funções de verdadeiro presidente da República. Uma delas é respeitar os coveiros”, afirma Virgílio.

POLITICA

Lavanderias passam a ser consideradas serviços essenciais e estão autorizadas a funcionar

O Prefeito Herzem Gusmão acaba de flexibilizar um pouco mais o comércio. Está autorizado o funcionamento das lavanderias, através do Decreto 20.268, publicado hoje (21) no Diário Oficial do Município.

O Comitê Gestor de Crise entendeu que o serviço oferecido pelas lavanderias pode ser classificado como de natureza essencial, uma vez que elas são responsáveis por ajudar na manutenção da higiene de casas e empresas. (mais…)

POLITICA

21/04 – Boletim epidemiológico: 26 casos confirmados de coronavírus em Vitória da Conquista

Com 3 novos casos confirmados de Covid-19 nesta terça-feira (21), Vitória da Conquista registra o total de 26 casos confirmados laboratorialmente. Destes, 19 evoluíram para cura e 1 para óbito, de acordo com Boletim epidemiológico atualizado às 17h de hoje pela Secretaria Municipal de Saúde.

Dos pacientes que testaram positivo para Covid e ainda estão em recuperação, 4 estão em isolamento domiciliar e 2 encontram-se internados.

Ainda de acordo com informações da Secretaria de Saúde, já são 512 casos notificados com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo novo coronavírus, sendo que 413 foram descartados. Outros 73 casos ainda estão em investigação: 16 aguardam resultado laboratorial e 57 aguardam coleta de amostra para serem encaminhadas ao Lacen Estadual, em Salvador, para análise laboratorial por meio de biologia molecular. Dos 73 pacientes em investigação, 5 estão internados e 68 estão em isolamento domiciliar.

A divulgação dos resultados dos exames também é feita pelo Lacen Estadual, que transmite as informações à Vigilância do município por meio do sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL).

Os bairros Centro, Brasil, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Candeias, Primavera e Lagoa das Flores, foram as localidades que registraram casos confirmados de pacientes com Covid-19.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional, e, por esse motivo, definições operacionais foram discutidas com o objetivo de orientar o serviço de Vigilância na identificação e notificação dos casos de Covid-19. Essas definições são orientadas por meio do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de importância Nacional pela doença da Covid-19 e na Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de que, neste momento, a população siga as orientações de distanciamento físico e isolamento social, mantendo os cuidados de higiene, evitando aglomerações e, caso apresente sintomas da doença, entre em contato imediatamente com uma Unidade de Saúde ou com o Call Center.

Call Center – A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Além disso, crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também como casos de Síndrome Gripal: febre de início súbito e sintomas respiratórios (tosse, coriza e obstrução nasal), caso também não tenha outro diagnóstico específico.

Contatos:

  • Telefones fixos: (77) 3429-7451/3429-7434/3429-7436
  • Celulares: (77) 98834-9988/98834-9900/98834-9977/98834-9911
POLITICA

Uso de máscara será obrigatório para todos na Bahia, anuncia Rui Costa

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou que um decreto será publicado para obrigar a todas pessoas que determina o uso de máscara por todos as pessoas que saírem ás ruas.

De acordo com o Bnews, a decisão  foi tomada após reunião com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que, segundo Rui, se comprometeu a publicar o decreto, de forma conjunta, também para Salvador.

“Acertamos, conjuntamente, a edição de decreto, aonde vamos em breve publicar, valendo pro estado e Salvador, que 100% das pessoas que forem às ruas, ou seja, todas as pessoas que saírem de casa, utilizem máscara”, disse. (mais…)

POLITICA

Prefeito assina Ordem de Serviço para construção do Complexo de Escuta Protegida

Na última quinta-feira (16), o prefeito Herzem Gusmão assinou a Ordem de Serviço para a construção das futuras instalações do Complexo de Escuta Protegida no Centro Integrado de Direitos da Criança e do Adolescente (CIDCA). A obra vai ser realizada pela Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista (Emurc), em um prazo de seis meses, e está orçada no valor de R$ 265.004,68 (duzentos e sessenta e cinco mil reais, quatro reais e sessenta e oito centavos).

O complexo será o primeiro do interior da Bahia e visa atender à Lei 13.431/2017 e ao Decreto 9.603/2018, que estabelece garantia, proteção para escuta e tomada de depoimento de crianças e adolescentes (vítimas ou testemunhas de violência em inquéritos e processos judiciais).

A estrutura é composta por duas salas de escuta especial, sendo uma para criança e outra para adolescente, uma sala de audiência, sala de depoimento especial, sala de espera, dois banheiros e um lavabo. O complexo será um marco no enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes em Vitória da Conquista. “Para a gestão municipal, esta pauta é prioritária e demonstra o compromisso com a proteção de crianças e adolescentes. Este esforço, também é resultado da supervisão técnica da ChildHood Brasil, uma estratégica parceira”, enfatizou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

Para a implantação efetiva da nova estrutura de atendimento especializado, além da construção do complexo, a Prefeitura – por meio da cooperação técnica com a organização internacional ChildHood Brasil – garantirá a formação de toda rede de proteção à criança e ao adolescente (Sistema de Justiça, Polícias, Conselhos Tutelares, Conselhos de Direitos, entidades governamentais e não-governamentais, entre outros), aprimorando todo o procedimento e metodologia no âmbito da escuta protegida.