comentários posts

Geral/Sudoeste

Piranhas voltam a atacar banhistas na barragem de Anagé

Mesmo próximos às margens tem havido ataques

Ataques de piranhas na Barragem de Anagé e Caraíbas vem sendo registrados há alguns anos, mas nos últimos meses não houve casos. No entanto, elas voltaram à ativa. No último domingo, 27, várias pessoas foram atacadas, das quais, 17 conquistenses que foram aproveitar o domingo na barragem, um dos principais cartões portais da Região Sudoeste da Bahia.

As prainhas são as principais opções de lazer para milhares de turistas, principalmente nesta época do ano. Mas quando surgem registros de ataques de piranhas, segundo comerciantes locais, o movimento despenca. As piranhas, segundo os banhistas, surgem do nada e quando as pessoas percebem já estão sendo mordidas.

Desde 2015 que vários ataques de piranhas têm sido relatados por banhistas e moradores das imediações da barragem. Na época, o movimento na barragem diminuiu por causa do medo. As piranhas sumiram por um tempo, mas voltaram a aparacer, assustando as pessoas. Leia Mais

Compartilhar
Acidente/Bahia/Meio Ambiente

Baianos estão entre os desaparecidos na tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais

Os quatro são do município de Santo Amaro, no recôncavo baiano, e tinham deixado a cidade para trabalhar

Quatro baianos estão entre os desaparecidos na tragédia de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), onde um barragem de rejeitos rompeu, na sexta-feira (25), e fez um mar de lama invadir parte da cidade.

Quatro baianos estão entre os desaparecidos na tragédia de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), onde um barragem de rejeitos rompeu, na sexta-feira (25), e fez um mar de lama invadir parte da cidade.

Os quatro são do município de Santo Amaro, no recôncavo baiano, e tinham deixado a cidade para trabalhar. Dois deles, Ademário e Alex Mário, são tio e sobrinho. Os dois trabalham como mecânicos de montagem na Vale e estavam na empresa há cerca de 6 meses.

Por telefone, um dos filhos de Admário, e primo de Alex Mário, Natanael Bispo, 21 anos, contou que todos os quatro baianos desaparecidos moram em Mário Campos, município a cerca de 20 minutos de Brumadinho. Os quatro saíram na manhã de sexta para trabalhar e depois da tragédia não fizeram mais contato.

Falei com ele [Ademário] 11h40. Ele estava no refeitório, almoçando. Quando fiquei sabendo da tragédia, por volta de 13h30, liguei para ele e não consegui mais falar. Não tenho notícia nenhuma, informação nenhuma

Natanael está em Brumadinho em busca de atualizações sobre o pai, o primo e os amigos deles. Até por volta das 17h20, nenhum dos quatro baianos tinha sido localizado.

O jovem contou que Ademário mora há um ano e meio em Mário Campos, mas trabalha na Vale há cerca de 6 meses. O primo, Alex Mário, também mora na mesma rua que eles e trabalhava no local do acidente o mesmo tempo que o tio.

Segundo Natanael, o pai tinha dito que não ia trabalhar na sexta, dia da tragédia, mas mudou de ideia após o amigo George, que também está desaparecido, oferecer uma carona.

Ele não ia trabalhar, foi porque George foi de carro próprio, e não precisou ir no ônibus [da empresa] tão cedo. Ele disse que não queria ir trabalhar

Aflição também para a família dos baianos em Santo Amaro, cidade com cerca de 12 mil habi Leia Mais

Compartilhar
Bahia/Geral

Monitoramento de barragens de rejeitos será intensificado na Bahia após tragédia em Minas Gerais

A Bahia tem 14 barragens de resíduos de minério, sendo que quatro delas podem representar algum risco (Foto: Reprodução)

O monitoramento das barragens de rejeitos que existem na Bahia será intensificado, devido ao alerta provocado pela tragédia de Brumadinho (MG), ocorrido na sexta-feira (25), segundo informou a gerência da Agência Nacional de Mineração na Bahia (ANM).

Até a tarde de sábado (26), 11 mortes foram contabilizadas e, ao menos, 300 pessoas estavam desaparecidas, na cidade mineira.

Conforme Cláudio da Cruz Lima, gerente regional da ANM na Bahia, o estado tem um número muito menor de barragens de rejeitos, em relação a Minas Gerais. No estado baiano são 14, sendo que quatro delas podem representar algum risco.

“Enquanto Minas tem mais de 400 barragens no Plano Nacional de Segurança de Barragens, a Bahia possui apenas 14. Isso nos permite monitorar as barragens, no mínimo, uma vez por ano. Algumas são monitoradas até duas vezes por ano”, disse Lima.

A Bahia não tem registro de acidentes com barragens de rejeitos. A intensificação do monitoramento das unidades é uma medida preventiva, afirmou o gerente da ANM no estado. Leia Mais

Compartilhar
Polícia/Sudoeste

Corpos de homens são encontrados com mãos decepadas em Barra do Choça

Corpos foram encontrados numa estrada vicinal, com as mãos decepadas

Um crime com requintes cruéis chocou a cidade de Barra do Choça, a 30 quilômetros de Vitória da Conquista, na manhã deste domingo (27). Os corpos de dois homens foram encontrados, por moradores, numa estrada de terra com várias marcas de agressão e as mãos decepadas.

Imediatamente a Polícia Militar esteve no local para registrar a ocorrência. Uma das vítimas teve as duas mãos decepadas e outra uma. Essas partes dos corpos não estavam mais no local. Também não havia sinais de armas de fogo. Leia Mais

Compartilhar
Polícia/Vitória da Conquista

Homem é assassinado com tiros na cabeça dentro de casa no bairro Patagônia

Assassinos invadiram a casa e executaram Cláudio

A polícia foi acionada para verificar uma ocorrência de disparos de arma de fogo dentro de uma casa na Avenida Guanambi, Bairro Patagônia. Ao chegar ao local, deparou com a vítima, Cláudio Carmo da Silva, 28 anos, morto dentro de um dos quartos da casa.

Segundo informações dos vizinhos à polícia, homens armados invadiram a casa e executaram Cláudio. Os moradores próximos teriam ouvido a vítima pedir para não ser morta. Ele tinha passagem pela polícia.

O Samu foi acionado pela polícia e constatou o óbito. Leia Mais

Compartilhar
Bahia/Concursos

Prefeitura de Salvador anuncia concurso com 367 vagas e salários até R$ 9,3 mil

O prazo de inscrições deve ser aberto em até 60 dias, e a aplicação das provas em até 90

Foi anunciada na manhã desta sexta-feira, 25, a abertura do concurso público da Prefeitura de Salvador. Ao todo, serão oferecidas 367 vagas para 17 cargos. Os salários variam de R$ 2,4 mil a R$ 9,3 mil.

O concurso, que será realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), será voltado para profissionais de diferentes áreas, que vão atuar nas funções de agente de trânsito e transporte, assistente social, psicólogo, professor, guarda municipal, salva-vidas, gestor público, engenheiro civil, agente de fiscalização, fiscalização de serviços municipais, agente de planejamento, médico perito, médico do trabalho, técnico de enfermagem e segurança do trabalho. Leia Mais

Compartilhar
Acidente/Brasil/Meio Ambiente

Sobe para 11 número de mortos em Brumadinho

Bombeiros trabalham intensamente no resgate às vítimas (Foto: Agência Reuters)

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais atualizou para 11 o número de corpos resgatados após o rompimento da barragem re rejeitos da mineradora Vale em Brumadinho. De acordo com a corporação, um ônibus com funcionários da empresa já foi localizado e nenhum dos ocupantes sobreviveu.

“Como é um local de difícil acesso e precisamos de um maquinário especial para acessar a estrutura e retirar essas vítimas, ainda não fechamos o número de óbitos. Mas esse número de óbitos vai aumentar”, informou o Corpo de Bombeiros.

Desaparecidos
Conforme os dados, 166 funcionários da Vale e 130 terceirizados estão desaparecidos.

Das 176 pessoas encontradas com vida, 23 estão hospitalizadas. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Justiça

Justiça mineira bloqueia R$ 5 bilhões da Vale

A barragem que se rompeu servia para contenção de rejeitos da atividade mineradora da Vale, e “não apresentava pendências documentais” (Foto: Agência Brasil)

A Justiça de Minas Gerais bloqueou R$ 5 bilhões da mineradora Vale com intuito de garantir recursos para medidas emergenciais e a reparação de danos ambientais decorrentes do rompimento da barragem nas imediações da mina Córrego do Feijão, no município de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

A pedido do Ministério Público de Minas Gerais, a juíza Perla Saliba Brito também determinou que a Vale adote medidas necessárias para garantir a estabilidade de outra barragem no Complexo Mina do Feijão (Barragem VI).

Segundo o MP, há “risco eminente da barragem VI, cujo rompimento seria responsável pelo derramamento de milhões de metros cúbicos de água revolvendo o minério já despejado em razão do rompimento das demais barragens”.

Conforme a Agência Nacional de Mineração, a barragem que se rompeu servia para contenção de rejeitos da atividade mineradora da Vale, e “não apresentava pendências documentais”. De acordo com a agência, a Vale apresentou, em março, junho e setembro do ano passado “Declaração de Condição de Estabilidade” expedida por auditoria independente. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Meio Ambiente

Bombeiros confirmam 7 mortos e 150 desaparecidos no rompimento de barragem em Brumadinho

 

Mar de lama destruiu casas da região do Córrego do Feijão (Imagem: G1)

A barragem da mineradora Vale que se rompeu nesta sexta-feira (25), em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, formou um mar de lama e destruiu casas da região do Córrego do Feijão. De acordo com o governo de MG, há ao menos sete pessoas mortas, ainda não identificadas.

O rompimento ocorreu no início da tarde, na Mina Feijão. A Vale informou sobre o acidente à Secretaria do Estado de Meio-Ambiente às 13h37. Os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia, inclusive um refeitório, e parte da comunidade da Vila Ferteco.

Há ao menos sete pessoas feridas. O Corpo de Bombeiros informou por volta das 20h45 que havia aproximadamente 150 pessoas desaparecidas e divulgou uma lista de pessoas resgatadas vivas. Os bombeiros afirmam também que as sirenes de emergência não tocaram.

Foram retiradas nove pessoas com vida da lama e cerca de 100 pessoas ilhadas foram resgatadas. Quase 100 bombeiros estão no local, e devem chegar a 200 a partir da madrugada deste sábado (26).

A empresa diz que, dos 427 empregados que estavam no local, apenas 279 foram localizados. Segundo o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, vazaram 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos – na tragédia de Mariana, há 3 anos, foram 43,7 milhões.

Segundo o presidente da Vale, uma das barragens se rompeu e o vazamento do rejeito também fez outra barragem transbordar. Ele diz que a barragem que rompeu não era usada há três anos. Ainda não há informação sobre a causa do rompimento.

As barragens recebem classificações quanto a risco e dano potencial. Quase todas as barragens da Vale no Córrego do Feijão era consideradas de Baixo Risco, mas Dano Potencial Alto (apenas a Barragem VII tinha Dano Potencial médio). Leia Mais

Compartilhar
Meio Ambiente/Vitória da Conquista

Bairro Alegria ganha Praça Frei Francisco Carlloni

Fotos: Blog do Anderson

Os moradores do Bairro Alegria estão em festa com a entrega da Praça Frei Francisco Carlloni. O equipamento foi construído pelo Governo Municipal, por meio do mandato do vereador Luís Carlos Dudé (PTB), e será entregue à comunidade no próximo domingo (27).

A inauguração terá início às 10h com a celebração de uma missa na Comunidade São Francisco. Das 13h às 19h acontece uma Ação Social com oferta de vários serviços à população, a exemplo de aferição de pressão arterial, teste de glicemia, cortes de cabelo, maquiagem, design de sobrancelha, massagem, roda de capoeira e cama elástica.

Espaço recebeu mesas e bancos

Segundo o vereador, a Praça Frei Carlloni é um sonho da comunidade que se torna real, graças à ação política do seu mandato e a boa vontade do Governo Municipal em atender a essa importante demanda. “Esse espaço era usado como depósito de material de construção, depósito de lixo e de entulhos, hoje temos aqui um equipamento que possibilita momentos de interação entre pessoas de todas as idades, uma área de lazer”, comemora.

O nome da praça presta homenagem a uma personalidade muito querida na comunidade católica.  “Sentimento de gratidão ao Frei Francisco Carlloni, homem que ajudou a construir essa comunidade, que esteve sempre ao lado da comunidade do Alegria e da Zona Oeste da cidade, com os Frades Capuchinhos”.

 

Compartilhar
Brasil/Política

Lobão pede investigação sobre envolvimento de Jean Wyllys em atentado a Bolsonaro

Foto Reprodução

O cantor e compositor Lobão, famoso também por suas polêmicas musicais e políticas, protagoniza mais uma nas redes sociais. Após o anúncio do deputado Jean Wyllys de que vai renunciar ao cargo e deixar o país, ele usou o Twitter para aventar uma hipótese: “ESSA PARADA DE JEAN WILLIS [sic] SAIR DO BRASIL E DEIXAR A VIDA PÚBLICA SÓ LEVANTA SÉRIAS SUSPEITAS SOBRE SEU ENVOLVIMENTO NA TENTATIVA DE ASSASSINATO A JAIR  BOLSONARO.,DEVE SER INVESTIGADO IMEDIATAMENTE.
ESSE PAPO É LOROTA. #InvestigarJeanWillis”, postou.

Além de alavancar a hashtag, rapidamente, aos trending topics mundiais, a publicação provocou acaloradas discussões. Para muitos internautas, Lobão só quer desviar o foco das suspeitas que pairam sobre o senador Flávio Bolsonaro e seu possível envolvimento com milicianos. “Investigação sobre o Flávio está pesado. Isso é pra desviar o olhar. Que papel escroto o seu Lobão. Passador oficinal da milícia”, comentou um internauta.

Outros, porém, defenderam a necessidade de investigação sobre o psolista. “Acusar Flavio Bolsonaro de envolvimento no assassinato da Marielle é tranquilão ?, mas suspeitar que Jean willis está envolvido na tentativa de assassinato do Bolsonaro é um absurdo…Lobão está drogado… isso é calúnia! PATÉTICOS!”, rebatou, ironicamente, outro. Leia Mais

Compartilhar
Bahia/Política

Política Policiais Civis terão aula sobre gênero e masculinidade tóxica, diz secretária

Julieta Palmeira assinou termo de cooperação técnica com a Secretaria de Segurança Pública

Julieta Palmeira, titular da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM), revelou que a pasta tem atuado diretamente para conscientizar a Polícia baiana sobre os desafios que as mulheres enfrentam para realizar denúncia contra seus agressores.

Em entrevista à Rádio Metrópole, ela conta que, para isso, assinou termo de cooperação técnica com a Secretaria de Segurança Pública.

“Nós vamos o que é gênero, a masculinidade tóxica… E transformar essa cultura para todo contingente da Polícia Civil do Estado da Bahia. Já tivemos a aula inaugural e vamos prosseguir com os módulos”, revelou. Leia Mais

Compartilhar
Justiça/Trânsito

Blitz do IPVA: TRF derruba liminar que proibia apreensão de veículos com IPVA atrasado na Bahia

Com a decisão, o veículo que não estiver com todos os valores quitados será autuado e removido da via

O Tribunal Regional Federal (TRF) suspendeu a liminar que proibia a apreensão de veículos com Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) atrasado na Bahia. A informação foi divulgada pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN-BA) nesta quinta-feira (24). A decisão foi expedida no dia 15 de janeiro. A liminar que proibia a apreensão dos veículos irregulares foi proferida em novembro do ano passado, pela Justiça da Bahia. Na época, o órgão acatou ação da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA). O caso foi julgado no TRF após pedido do DETRAN. A decisão de suspender a liminar foi do desembargador Jirair Aram Meguerian, da 10ª Vara Federal.

Com a decisão do TRF, segundo o Detran, o licenciamento de veículos deve ser feito vinculando o pagamento da taxa do serviço cobrada pelo Detran à quitação do IPVA, junto à Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz), além do pagamento do seguro obrigatório DPVAT e multas, se houver.

Ainda conforme o Detran, o veículo que não estiver com todos os valores quitados será autuado e removido da via.

Liminar

A Justiça da Bahia proibiu a apreensão de veículos com o IPVA atrasado no dia 14 de novembro de 2018. Expedida pelo juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia, a liminar determinava multa de R$ 2 mil por veículo apreendido ilegalmente, tanto pelo Detran, quanto pela Transalvador. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Polícia

Ex-governador do Paraná, Beto Richa é preso pela 2ª vez

Beto Richa é ex-governador do Paraná — Foto: J.F.Diorio/Estadão Conteúdo

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso em casa, em Curitiba, por volta das 7h desta sexta-feira (25), de acordo com a Justiça Federal, na 58ª fase da Operação Lava Jato. A investigação que originou o mandado de prisão apura supostos crimes na concessão de rodovias do estado. É a segunda vez que o tucano é detido. A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. Dirceu Pupo Ferreira, contador da família Richa, é outro alvo de prisão preventiva. Segundo fontes do G1 Paraná, ele também foi preso.

Na decisão, o juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba, justificou a prisão alegando que Richa e Pupo tentaram influenciar os depoimentos de testemunhas da investigação. “Ficou comprovado o empenho dos investigados em influir na prova a ser produzida, destacando episódio de turbação/obstrução da investigação, no contexto em que Dirceu Pupo Ferreira tentou convencer uma testemunha a alterar a verdade sobre fatos da investigação acerca do patrimônio da família Richa”, diz trecho do despacho.

Os pedidos de prisões foram feitos pelo Ministério Público Federal (MPF) em um desdobramento da Operação Integração II – que foi a 55ª fase da Lava Jato. A ação investigou a concessão de rodovias no Paraná.

Beto Richa e Dirceu Pupo Ferreira foram presos por policiais federais. Os dois foram levados para a Superintendência da Polícia Federal (PF), na capital paranaense. O ex-governador é investigado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

A defesa de Beto Richa disse que ainda não teve acesso ao processo e, por isso, não vai se manifestar. O G1 tenta localizar o advogado de Dirceu Pupo Ferreira.

Conforme o MPF, Beto Richa se beneficiou com, pelo menos R$ 2,7 milhões, em propinas pagas em espécie pelas concessionárias de pedágio do Paraná e por outras empresas que mantinham interesses em atos do governo. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Educação

MEC prorroga prazo de inscrição do Sisu 2019 e retoma divulgação diária de nota de corte

O sistema está funcionando de forma estável nesta quinta-feira, 24, e a lentidão eventualmente registrada resulta do volume massivo de acessos simultâneos

O prazo final para inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019 foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC), segundo comunicado divulgado na tarde desta quinta-feira (24). Em vez de encerrar no dia 25 de janeiro, conforme previam as regras, o sistema receberá inscrições até as 23h59 de domingo (27). A divulgação do resultado segue mantida para a segunda-feira (28).

Segundo o MEC, a decisão foi tomada “para garantir o acesso e a inscrição de todos os estudantes”. Ainda de acordo com a nota, o sistema do Sisu, que ficou instável nos dois primeiros dias de inscrição, “está funcionando de forma estável nesta quinta-feira”. A pasta diz que “continua realizando todos os procedimentos técnicos para que o sistema continue estável” e que “a lentidão eventualmente registrada resulta do volume massivo de acessos simultâneos”. Leia Mais

Compartilhar
Bahia/Educação

Inscrições para processo seletivo de cursos a distância do Senac estão abertas até 17 de fevereiro

Provas acontecem em nove cidades, entre elas Vitória da Conquista

Estão abertas até 17 de fevereiro as inscrições para o processo seletivo voltado as pessoas interessadas em cursos de graduação a distância do Senac. Ao todo, são 13 cursos, em diferentes áreas, disponibilizados de forma online com provas semestrais presenciais.

Os candidatos devem fazer as inscrições pela internet. Basta escolher entre um dos cursos, fazer login e selecionar a forma de ingresso no processo seletivo, que pode ser com nota do Enem ou por meio de prova de redação. As aulas estão previstas para começar no dia 18 de fevereiro.
Na Bahia, os interessados poderão fazer as provas presenciais em nove polos diferentes: Salvador, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Feira de Santana, Camaçari, Santo Antônio de Jesus, Lençóis, Alagoinhas e Barreiras.

Entre os cursos, estão Bacharelado em Administração, Bacharelado em Ciências Contábeis, Tecnologia em Gestão Pública, Tecnologia em Gestão Ambiental e Licenciatura em Pedagogia [veja lista completa abaixo].  Leia Mais

Compartilhar
Política/Vitória da Conquista

Presidente da Câmara critica cancelamento de reunião pela Bahiagás e diz que não aceita politicagem

Presidente da Câmara diz que não está preocupado com mérito

O cancelamento da reunião dos vereadores de Vitória da Conquista com o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Raimundo Gavazza, marcada para a última terça-feira (22), está dando o que falar. O objetivo do encontro era tratar da inclusão do município no plano de expansão da empresa, tema levantado pelo vereador Luciano Gomes (PR), atual presidente do legislativo conquistense, em duas sessões ordinárias, uma no dia 7 de dezembro de 2018 e a outra no dia 12 do mesmo mês. A reunião foi desmarcada pela Bahiagás no final da tarde do dia 21, quando uma comissão de 11 vereadores se preparava para ir até a capital baiana dialogar com Luiz Gavazza.

Insatisfeito com o ocorrido, o presidente da Câmara, Luciano Gomes, classifica a atitude como desrespeitosa. A Bahiagás se propôs a remarcar para o dia 5 de fevereiro, após o encontro que ocorrerá em Vitória da Conquista, com a presença de Luiz Gavazza, para tratar do assunto em questão, mas o vereador argumenta que a questão é politica.

De acordo com Luciano Gomes, “sua reação ao episódio não se dá por ciúme, para tomar para si o mérito, e sim por entender que há interesse de um determinado grupo em usar a Câmara para depois descartá-la como se ela não tivesse dado a contribuição devida, como acontece com a questão do aeroporto, em que o legislativo teve papel fundamental e foi relegado a segundo plano, é porque a Câmara tem que ser respeitada como instituição séria que é”.

Ainda, conforme Gomes, a reunião da Câmara com a Bahiagás era para tratar da possibilidade ou não de Conquista ser incluída no plano de expansão, porque a partir dessa conversa seriam mobilizados todos os deputados apoiados por vereadores conquistenses, os quais, inclusive, poderiam ser convidados a participar da audiência do dia 31, para que pudessem engajar na luta do gasoduto. “Foi assim que Vitória da Conquista conseguiu um novo aeroporto, com a soma de esforços. Nós, os 21 vereadores que representamos essa cidade no legislativo, queremos isso, somar esforços, mobilizar o Governo do Estado, os nossos deputados na Assembleia Legislativa, na Câmara Federal e até a Presidência da República se houver necessidade, porque somos um legislativo forte e respeitado, nossa briga não é pessoal, é conjunta”, afirmou.

Mesmo com esses percalços, o presidente garantiu que vai participar da audiência do dia 31 por ser um assunto do interesse de Vitória da Conquista. “A Câmara de Vitória da Conquista não é omissa, ela tem quem responda por ela, só não vamos aceitar que as coisas sejam empurradas goela abaixo, somos a favor do gasoduto sim, porém não aceitamos politicagem e muito menos a política rasteira”, concluiu.

 

 

 

Compartilhar