comentários posts

Bahia/Geral/Polícia/Vitória da Conquista

Rondesp apreende cocaína avaliada em R$8 mil

 

Uma guarnição das Rondas Especiais (Rondesp) Central apreendeu 832 pinos de cocaína, avaliados em R$ 8 mil reais

Uma guarnição das Rondas Especiais (Rondesp) Central apreendeu 832 pinos de cocaína, avaliados em R$ 8 mil reais, com Ivanilson Silva Fraga, em Lauro de Freitas. Na primeira abordagem, na avenida Luiz Viana, em Salvador, os policiais, ao suspeitarem de dois homens num GM Classic, de placa JRY – 8291, encontraram 10 pinos com a droga, com Ivanilson. Leia Mais

Compartilhar
Política/Vitória da Conquista

Município de Vitória da Conquista: Herzem sinaliza continuidade contratual com a EMBASA, mas lança exigências

grupo está na defesa da municipalização do Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário

Um grupo está na defesa da municipalização do Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário, mas pelo visto o prefeito Herzem Gusmão Pereira deverá assinar o contrato pela permanência, mas com muitas observações para melhoria dos serviços no Município de Vitória da Conquista. Entre as exigências estarão a conservação asfáltica, tendo em vista o estrago após obras, instalação do Esgotamento Sanitário em distritos e Feiras Livres, além de buscar meios para acabar com a falta d´água em diversa localidades, como é o caso que acontece com frequência no Loteamento Miro Cairo. Na noite da sexta-feira (4) o BLOG DO ANDERSON registrou um encontro do gerente regional da EMBASA, Joselito Pires de Lima, e o prefeito Herzem Gusmão Pereira, durante visita ao Largo Frei Francisco Carlloni, a convite do vereador Luís Carlos Batista de Oliveira (PTB), o Dudé. Leia Mais

Compartilhar
Luto/Vitória da Conquista

Morre aos 74 anos a professora e escritora Heleusa Figueira Câmara

Heleusa Câmara era professora e escritora

É grande  o número de manifestações pela morte da professora Heleusa Figueira Câmara, aos 74 anos, ocorrida na noite deste domingo, 06. Ela estava internada na UTI do Hospital São Vicente há alguns dias e não resistiu.  A Prefeitura Municipal decretou luto oficial de três dias e a Câmara Municipal, por meio de nota, manifestou seu mais profundo pesar.

Nascida em Vitória da Conquista em 14 de maio de 1944, era filha do médico Ubaldino Gusmão Figueira e da professora Maria Stella Moraes Figueira, é de formação religiosa protestante (batista). Casou-se em 1963, com o engenheiro civil Almir Querino Câmara e após o nascimento de seus filhos Diana, Mônica, Danilo e Verônica, voltou aos estudos. Em 1974 prestou vestibular para o Curso de Letras, na Faculdade de Formação de Professores de Vitória da Conquista, tendo concluído a licenciatura na Fundação Educacional do Nordeste Mineiro. Em 1981, tornou-se professora da UESB. Especialista em Língua Portuguesa – Redação PUC/MG (1983); Mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP (1999); Doutora em Ciências Políticas PUC/SP (2005). Na Uesb chegou a ser Vice-Reitora.

No município de Vitória da Conquista exerceu as seguintes funções administrativas: Diretora do Educandário Juvêncio Terra; Conselheira Titular do Conselho Municipal de Educação (1992 a 1995); Secretária Municipal de Educação e Cultura (1997 a 2000). Atuação em instituições culturais em Vitória da Conquista: Presidente da Academia Conquistense de Letras (1986 a 1990); 2ª Vice-Presidente do Conselho Regional de Cultura do Sudoeste da Bahia – COREC (1993); Diretora do Museu Regional de Vitória da Conquista – Casa Henriqueta Prates (1995 a 1996). Atuação em instituições sociais em Vitória da Conquista: Presidente do Conselho da Comunidade da Comarca de Vitória da Conquista (1989 a 1996); Coordenadora da Campanha Natal “Para Todos” (dez 1990). Pesquisadora de Práticas Discursivas; produção textual em presídios; escrita autobiográfica e iniciação aos Estudos Literários. Membro do Conselho Consultivo da Revista Verve, do Núcleo de Sociabilidade Libertária da PUC/SP, Programa de Estudos Pós Graduados em Ciências Sociais PUC/SP. Membro do Conselho da Comunidade para Assuntos Penais.

Publicou livros, além de artigos em revistas científicas e capítulos de livros. Participação em eventos nacionais e internacionais como expositora de pesquisas: SBPC, PROLER, INTERCOM, IAMCR. Membro do Conselho Consultivo da Revista Verve, do Núcleo de Sociabilidade Libertária do Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da PUC/SP. Membro da Comissão Técnica de análise de obras de literatura, periódicos, e obras de referência do Programa Nacional Biblioteca da Escola / PNBE do MEC (2003).

Sempre gostou de ler, e sua infância caracterizou-se por um viver mergulhado na fantasia dada a avidez pelas histórias de Andersen, Grimm e Monteiro Lobato. Adolescente tímida, voltou-se à leitura precoce de autores canônicos: Dickens, Balzac, Zola, Dostoiewski e Wilde. Em 1982 publica Mulheres acorrentadas, livro de contos, prefaciado por Afrânio Coutinho. Em 1991 publica “Quarenta Graus de Outono”, romance, com apresentação de Antônio Carlos Villaça, posfácio de Carlos Nejar, ilustrações de Calasans Neto e lançamento na Fundação Casa de Ruy Barbosa, RJ. Em 1992 recebe o Prêmio Djalma Gomes com o livro “40º Graus de Outono” que obteve o 1º lugar no Concurso Nacional de Literatura da Academia de Letras de Feira de Santana. Em 1986 é encenada sua peça teatral “Cartas na mesa“, sob a direção de Gildásio Leite. Em 1990 é encenada sua peça teatral infantil “Fantasia serrana“, musical dirigido por Gildásio Leite e promovido pelo Conservatório de Música de Vitória da Conquista. De 1997 a 2000 esteve como Secretária Municipal de Educação e Cultura de Vitória da Conquista. Em 2000 obtêm o 1º lugar nas dissertações de Mestrado da PUC/SP defendidas em 1999, tendo como prêmio a publicação do livro Além dos Muros e das Grades; discursos prisionaisem 2001. Em 2006 recebeu a Medalha da Ordem do Mérito do Livro, da Leitura e da Biblioteca, conferida pela Fundação Biblioteca Nacional. Membro Titular do Conselho Estadual de Cultura da Bahia. Leia Mais

Compartilhar
Bahia/Saúde

Hemoba reforça campanha para aumentar doação de sangue no verão

A doação de sangue não traz riscos à saúde e o corpo recupera o volume retirado em 24 horas

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) inicia o ano de 2019 com uma campanha para alertar sobre a sustentação dos estoques de hemocomponentes responsáveis por salvar vidas. As doações de sangue regulares são indispensáveis para que centenas de atendimentos de urgência, emergência e eletivos sejam realizados.

Segundo a diretora de hemoterapia da Fundação Hemoba, Rivania Andrade, a situação é considerada preocupante, tendo em vista o grande potencial de aumento nas demandas transfusionais por conta de férias, festas de verão e fluxo nas estradas. “É muito importante conscientizar a população sobre a necessidade regular da doação de sangue. Estamos começando um período de muito trânsito turístico e de festas populares. Somente com a solidariedade das pessoas podemos tocar o serviço com segurança e tranquilidade”, reforçou.

No mês de janeiro, por exemplo, a Hemoba experimenta uma diminuição histórica no número de candidatos, cerca de 20% de redução comparada à média anual. O afastamento dos doadores nesta época do ano está relacionado período de férias. Como reflexo, os estoques de sangue passam a operar com a classificação crítica ou alerta, tendo a redução mais acentuada entre os tipos sanguíneos de Rh negativo, que aparece em apenas 15% da população.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que de 3% a 5% da população de um país deve ser doadora. No Brasil, o percentual de doadores está em torno de 1,9%, muito abaixo do que é considerado ideal. O Estado da Bahia opera com cerca de 1,4% de voluntários.

SOBRE A DOAÇÃO
Todo o processo da doação de sangue dura em torno de 50 minutos. O Candidato interessado passa por diversas etapas: cadastro, triagem clínica/entrevista com um profissional especializado, triagem hematológica/teste de hemoglobina, doação de sangue (que dura um tempo médio de 12 minutos) e lanche/hidratação.

A doação de sangue não traz riscos à saúde e o corpo recupera o volume retirado em 24 horas. Cada bolsa de sangue, contendo entre 400 ml e 470 ml, é capaz de salvar até quatro vidas. Entre os favorecidos, estão vítimas de acidentes, transplantados, vários tipos de pacientes oncológicos e pacientes com problemas de coagulação. Leia Mais

Compartilhar
Mundo/Religião

Papa faz apelo para que migrantes à deriva sejam acolhidos

O papa foi aplaudido e o seu pronunciamento tem relação direta com 49 migrantes que ainda estão a bordo dois navios

O papa Francisco fez um apelo neste domingo (6) para que governos europeus acolham migrantes à deriva no mar do Mediterrâneo.

Ao falar para fiéis na Praça de São Pedro, no Vaticano, ele se referiu aos migrantes salvos por dois navios de organizações não-governamentais que aguardam autorização para desembarcar na Europa.

O papa foi aplaudido e o seu pronunciamento tem relação direta com 49 migrantes que ainda estão a bordo dois navios, o Sea Watch e o Sea Eye. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Educação

MEC passa a contar com secretarias para alfabetização e escolas militares

Os militares contribuirão com sua visão organizacional e sua intrínseca disciplina

Com a posse do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Ricardo Vélez Rodríguez foram feitas, esta semana, mudanças na estrutura do Ministério da Educação (MEC). A pasta passa a contar agora com a Secretaria de Alfabetização, a Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação, além de uma Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares.

As novas secretarias e subsecretaria são voltadas principalmente para a educação básica, etapa que compreende desde as creches ao ensino médio e que, segundo Vélez Rodríguez, será prioridade do governo. Para implementar as mudanças nas escolas, o MEC precisará do apoio de estados e municípios, que detêm a maior parte das matrículas.

Escolas cívico-militares

Baseado no alto desempenho de colégios militares em avaliações nacionais, o governo quer expandir o modelo. Segundo o decreto que detalha as atribuições do MEC, haverá uma subsecretaria para desenhar uma modelagem de gestão escolar que envolve militares e civis e garantir a aplicação desse modelo nos estados e municípios.

É a chamada Subsecretaria de Fomento às Escolas Cívico-Militares. Pelo decreto, a adesão de estados e municípios ao modelo será voluntária. Em nota, o MEC explica que a presença de militares na gestão administrativa “terá como meta a resolução de pequenos conflitos que serão prontamente gerenciados, a utilização destes como tutores educacionais, para a garantia da proteção individual e coletiva, dentre outras visando a disciplina geral da escola. Os militares contribuirão com sua visão organizacional e sua intrínseca disciplina; os civis com seus conhecimentos pedagógicos, todos juntos farão parte desta proposta de estrutura educacional”.

Ainda segundo o MEC, o Brasil apresenta altos índices de criminalidade.“Neste contexto o Ministério da Educação buscará uma alternativa para formação cultural das futuras gerações, pautando a formação no civismo, na hierarquia, no respeito mútuo sem qualquer tipo de ideologia tornando-os desta forma cidadãos conhecedores da realidade e críticos de fatos reais”. Esse modelo será implementado preferencialmente em escolas em situação de vulnerabilidade social e para as famílias que concordam com essa proposta educacional.

Novas secretarias

As duas novas secretarias do MEC foram criadas a partir da extinção da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi): a Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação e Secretaria de Alfabetização. Dentro da primeira, haverá, entre outras, uma diretoria voltada apenas para pessoas surdas, a Diretoria de Políticas de Educação Bilíngue de Surdos, além de uma estrutura voltada para apoio a pessoas com deficiência.

A pauta ganhou destaque no governo com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que é intérprete de Língua de Sinais Brasileira (Libras). Na posse presidencial, ela quebrou o protocolo e discursou em Libras. A secretaria de Alfabetização, segundo o MEC, cuidará da alfabetização não apenas em português e matemática, mas também em novas tecnologias. Segundo o decreto, a secretaria se ocupará ainda da formação dos professores por meio da Diretoria de Desenvolvimento Curricular e Formação de Professores Alfabetizadores.

Estados e municípios

Para que essas medidas cheguem às salas de aula, será necessária a participação de estados e municípios. As entidades que representam os secretários municipais e estaduais de Educação ainda não se reuniram com a atual gestão do MEC. O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que representa os estados, tem reunião agendada para o final deste mês. Leia Mais

Compartilhar
Vitória da Conquista

Assaltos assustam população rural de Vitória da Conquista

Os bandidos se aproximam cada vez mais da zona rural

Os bandidos estão intensificando os assaltos na zona rural de Vitória da Conquista. Na tarde do último sábado (05), quatro bandidos a bordo de um táxi assaltaram o Mercadinho Almeida, no Povoado São Joaquim de Paulo (Capinal). Eles foram ao local de táxi, mas deixaram o veículo a uma certa distância e dois deles foram ao estabelecimento, onde colocaram o proprietário e um cliente de joelhos enquanto roubavam R$ 2 mil em dinheiro e vários litros de bebida.

Um adolescente de 12 anos que estava no local conseguiu fugir e avisar a vizinhança que imediatamente ligou para a Companhia Rural da Polícia Militar. A polícia conseguiu prender os bandidos no Bairro Urbis VI e recuperou o dinheiro e a mercadoria, que após o registro da ocorrência foram devolvidos ao proprietário.

Os bandidos, um deles menor e natural de São Paulo, foram encaminhados para o Disep.

No mesmo dia, à noite, um homem de aproximadamente 60 anos viveu momentos de terror, no entroncamento do distrito de José Gonçalves. Dois homens, ainda não identificados, assaltaram a vítima e levaram R$1 mil e dois celulares, fugindo sentido Vitória da Conquista.

O nome das vítimas não foram divulgados.

Compartilhar
Bahia/Saúde

Planserv: médicos anestesistas suspendem atendimento a partir desta segunda

O Hospital Português apresentou um comunicado aos beneficiários do Planserv sobre a suspensão dos atendimentos em Anestesiologia a partir de segunda-feira

A Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas da Bahia (Coopanest-BA) informou que a partir desta segunda-feira, 7, os beneficiários do Planserv terão o atendimento anestésico suspenso. Após divulgar uma nota na sexta-feira, 4, a cooperativa comunicou que a decisão é mediante as pendências contratuais.

Ainda na nota, a direção da cooperativa afirmou que os pacientes com procedimento cirúrgico agendado e com consulta pré-anestésico realizada terão os atendimentos mantidos com a cobrança posterior dos honorários médicos.

O Hospital Português apresentou um comunicado aos beneficiários do Planserv sobre a suspensão dos atendimentos em Anestesiologia a partir de segunda-feira.

Em nota, o Planserv informou que a Cooperativa dos Anestesiologistas do Estado da Bahia (Coopanest) pediu um reajuste ao plano de 40%, que representa R$ 12 milhões anuais aos cofres públicos. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 4 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19h

O concurso 2.112 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 4 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (5) em Caibi (SC).

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Leia Mais

Compartilhar
Política/Vitória da Conquista

Vereadores se reúnem com secretária de educação para cobrar demandas

Reunião foi realizada na Secretaria Municipal de Educação

Demandas educacionais do Distrito de Cabeceira do Jiboia (Limeira), Iguá, Bate Pé e do Bairro Miro Cairo foram apresentadas na manhã desta sexta-feira (04), à secretária Municipal de Educação, Selma Oliveira, por meio do presidente do Legislativo municipal Luciano Gomes (PR) e dos vereadores, Luís Carlos Dudé (PTB) e Nildma Ribeiro (PCdoB).

Além dos parlamentares, participaram da reunião a diretora do Ciclo Escolar da Limeira (CEI), Jucélia Mendes de Oliveira, os assessores Lucas Batista e Helder, e a subsecretária Dilvânia Chagas.

Em Cabeceira do Jiboia (Limeira), as cobranças apresentadas versaram em torno da aquisição de um terreno para construção da Escola Municipal Domingos de Oliveira, que funciona em local inadequado e com uma estrutura precária, a exemplo de sanitários quebrados, fossa desabando, entre outros transtornos; da retomada da reforma da Escola Municipal Eulálio Leite; e da compra de um terreno para a construção da creche de Cabeceira do Jiboia.

Em Bate Pé, a demanda é pela qualidade do transporte dos professores. No Bairro Miro Cairo, a garantia do transporte dos alunos dos conjuntos habitacionais. Segundo a secretária Selma Oliveira, esses problemas já foram resolvidos.

Outra demanda importante é a manutenção predial da Extensão da Escola Cassimiro de Abreu, no Assentamento Lagoa Nova do Juazeiro, em Iguá. A vereadora Nildma pediu a ampliação da extensão, pois essa unidade tem apenas uma sala que é usada para dar aula e também como refeitório.

Smec- Os gestores da Secretaria Municipal de Educação garantiram que vão acionar a Emurc para retomar a reforma da Escola Eulálio Leite o quanto antes. Também vão fazer reparos na Escola Domingos de Oliveira, porém salientaram que o problema só será resolvido definitivamente com a construção de um novo prédio para funcionamento da unidade, já que o atual não contempla as necessidades da comunidade escolar. Para se ter uma ideia, a Domingos de Oliveira tem mais de 400 alunos matriculados nos três turnos.

Compartilhar
Política/Vitória da Conquista

Vereador Dudé comemora emenda de R$ 2 milhões de Arthur Maia para obras de pavimentação asfáltica nos bairros Alegria e Jurema

Deputado Arthur Maia, Zica Pedral e o vereador Carlos Dudé

Os moradores do Alegria e do Jurema têm muito a comemorar. É que em breve esses bairros serão contemplados com obras de pavimentação asfáltica, graças a uma emenda no valor de R$ 2 milhões de autoria do deputado federal Arthur Maia (DEM), por meio do mandato do vereador Luís Carlos Dudé (PTB).

Os recursos destinados por Arthur Maia vão garantir o asfaltamento das ruas Curitiba, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Diamantina, Itambé, Encruzilhada, Ilhéus e Itabuna, situadas no Bairro Alegria; e das ruas Peru e Equador, no Jurema.

Segundo o vereador Luís Carlos Dudé, todo o processo legal para receber os recursos foi agilizado pela Prefeitura Municipal, por meio da gestão do prefeito Herzem Gusmão que prometeu iniciar as obras o mais breve possível. A pavimentação asfáltica vai substituir o antigo calçamento de pedras dessas ruas, realizado há mais de trinta anos na gestão do ex-prefeito Pedral Sampaio.

“A gente apoia um deputado com o objetivo de ele trazer obras para o nosso município, é o que Arthur Maia está fazendo, retribuindo os votos que recebeu em Vitória da Conquista com recursos para serem investidos na pavimentação dessas ruas. É um sonho da população que começa a se tornar real”, disse Dudé.

Além dos R$ 2 milhões para os Bairros Alegria e Jurema, o deputado Arthur Maia também destinou R$ 500 mil para a Santa Casa de Misericórdia e R$ 500 mil para o Hospital Esaú Matos. Conforme Carlos Dudé, os recursos da Santa Casa e do Esaú Matos já foram aplicados, ele aguarda agora o início das obras no Jurema e no Alegria. “Vamos continuar trabalhando para garantir mais recursos e obras para o nosso município”, concluiu.

Compartilhar
Política/Vitória da Conquista

Mesa Diretora se reúne com novos membros da estrutura administrativa da Câmara Municipal

Posse dos novos diretores ocorreu nesta sexta-feira, 04

Na manhã desta sexta-feira, 4, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) se reuniu com alguns vereadores e com os novos componentes da estrutura administrativa da Casa a fim de dar posse aos novos membros, bem como detalhar as diretrizes de trabalho da nova equipe.

Durante a reunião, o presidente da Casa, vereador Luciano Gomes (PR) ressaltou que o objetivo é fazer uma administração que atenda às necessidades dos vereadores e também dos servidores do Poder Legislativo Municipal. “Espero que nós possamos fazer uma grande gestão, que seja boa para o vereador, mas sem os servidores é impossível fazer qualquer coisa. Os dois são importantes e nós precisamos fazer com que isso ande em harmonia. No que depender da gente vamos procurar dar toda estrutura possível”, disse Gomes.

Luciano destacou ainda a presença de servidores efetivos da Casa entre os ocupantes dos cargos comissionados como forma de valorizar os servidores de carreira. “A gestão passa, o vereador passa e o servidor fica. Nós precisamos valorizar e dar condição para que o servidor possa prestar um bom trabalho e zelar pela Casa Legislativa”, concluiu o presidente da Câmara. Leia Mais

Compartilhar
Polícia/Vitória da Conquista

Identificado suposto mecânico que aplicava golpes em motoristas na BR-116 há quase 40 anos

Foto ilustrativa

Um homem foi preso em flagrante por aplicar golpes em motoristas na BR-116, no trecho da cidade de Vitória da Conquista. De acordo com a polícia, ele praticava o mesmo crime há mais de 40 anos, mas a falta de registro de ocorrência dificultou a prisão.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que acompanhava Antônio Aparecido da Silva, 58, há pelo menos cinco anos. O suspeito se passava por mecânico e usava sempre o mesmo método para cometer o crime.

Ele estacionava o carro às margens da rodovia e ficava observando os veículos passarem. Segundo a PRF, ele escolhia as vítimas, geralmente em carros de passeio e com placas de outros estados.

Antônio seguia os veículos e sinalizava para os motoristas, indicando que havia algum problema com o carro. A polícia informou que ele chegava cobrar entre R$ 300 e R$ 500 reais pelo suposto conserto. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Política

Bolsonaro propõe idade mínima de 62 anos para homem e 57 para mulher

Jair Bolsonaro em primeira reunião ministerial – Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse que a proposta de reforma da Previdência em discussão no governo prevê a idade mínima de 62 anos para os homens e 57 anos para as mulheres com aumento gradativo. Segundo Bolsonaro, seria mais um ano a partir da promulgação e outro em 2022, mas com diferenças de idade mínima de acordo com a categoria profissional e a expectativa de vida.

Segundo Bolsonaro, o futuro presidente avaliaria a necessidade de novos ajustes no sistema previdenciário. “Quando você coloca tudo de uma vez só no pacote, você pode errar, e nós não queremos errar”, disse em entrevista ao SBT, a primeira após ter tomado posse.

O presidente indicou que as medidas visam principalmente a previdência dos servidores públicos. “O que mais pesa no Orçamento é a questão da previdência pública, que terá maior atenção da nossa parte. Vamos buscar também eliminar privilégios”, afirmou o presidente, que descartou aumentar a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores, hoje em 11%.

Aprovação
Bolsonaro disse que a reforma não vai estabelecer regras únicas para todos os setores e todas as categorias profissionais. Citou a expectativa de vida no Piauí, que é 69 anos, argumentando que seria “um pouco forte estabelecer a idade mínima de 65 anos”, como previa o texto da reforma enviado ao Congresso pelo governo do ex-presidente Michel Temer.

A diferenciação visa, conforme Bolsonaro, facilitar a aprovação no Congresso, mas também evitar “injustiça com aqueles que têm expectativa de vida menor”. O presidente voltou a dizer que poderá aproveitar a proposta já em tramitação na Câmara dos Deputados, com alguns ajustes.

“O que queremos é aproveitar a reforma que já está na Câmara, que começou com o senhor Michel Temer. A boa reforma é aquela que passa na Câmara e no Senado, não aquela que está na minha cabeça ou na [cabeça] da equipe econômica”, afirmou.

Bolsonaro argumentou que a reforma é necessária para impedir que o país “em mais dois ou três anos entre em colapso”, a exemplo do que ocorreu com a Grécia. “Agora todos terão de contribuir um pouco para que ela seja aprovada. Eu acredito que o Parlamento não vai faltar ao Brasil”, disse. Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Economia

Gasolina vendida nas refinarias está mais barata nesta quinta

Litro passou de R$ 1,5087 para R$ 1,4675

O preço da gasolina negociada nesta quinta-feira, 3, nas refinarias está mais baixo: o litro passou de R$ 1,5087 para R$ 1,4675. A última redução no preço do combustível ocorreu no dia 28 de dezembro do ano passado, quando passou de R$ 1,5554 para R$ 1,5087.

De acordo com a Petrobras, a política de preços da empresa para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras “tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo”. Leia Mais

Compartilhar
Acidente/Bahia

Passageiros mortos em acidente com micro-ônibus eram parentes e voltavam de festa de fim de ano

Carreta ficou sem cabine após batida com micro-ônibus em Seabra, na Chapada Diamantina — Foto: Nilson Santos/Blog Liberdade Bom Sucesso

Os passageiros do micro-ônibus envolvido no grave acidente que deixou seis mortos, na Bahia, na manhã desta quinta-feira (3), eram parentes e retornavam para casa após uma festa de família realizada para comemorar a chegada do ano novo. A informação foi divulgada por uma parente das vítimas. O evento ocorreu em Goiás. No total, 40 pessoas viajavam no coletivo. Seis delas morreram.

O acidente ocorreu na BR-242, no perímetro urbano da cidade de Seabra, na região da Chapada Diamantina. Uma carreta bateu no coletivo, que atingiu outros dois carros. Vinte e seis pessoas ficaram feridas no acidente, incluindo o motorista da carreta.

De acordo com Tainam Guanais, que é da família das pessoas que viajavam no micro-ônibus, o coletivo chegou na Bahia na quarta-feira (2). Os passageiros dormiram na casa de Tainam, no município de Ibotirama, no oeste do estado, e só seguiram viagem na manhã desta quinta.

“Na ida dormiram lá e na volta também dormiram lá para descansar. Hoje cedo saíram muito felizes, mas, infelizmente, aconteceu [o acidente]”, disse Tainam.

Parte da família morava em Campo Formoso, outra em Juazeiro e algumas pessoas em Jacobina, todas cidades no norte da Bahia. Dos mortos, três eram de Juazeiro, incluindo Rosalvo Ferreira da Costa, de 60 anos, e a filha Angeline da Silva Sosta, de 33, que era técnica de enfermagem da rede municipal de saúde.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde e Juazeiro se solidarizou com a família e informou que, por conta do acidente, o funcionamento do posto de saúde onde Angeline trabalhava foi suspenso nesta quinta-feira.
Os outros mortos foram identificados como Simoni Otília Gomes Silva, Rebeca Silva Oliveira, Delma Ribeiro da Silva, de 55 anos, e Thalita Ribeiro da Silva, de 31 anos, que é filha de Delma.

Dos 26 feridos, 22 estão internados no Hospital Regional da Chapada, na cidade de Seabra. Duas crianças, uma de 3 e outra de 7 anos, foram transferidas para o Hospital do Subúrbio em Salvador. As outras duas pessoas foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE).

“Alguns estam na observação, outros estão aguardando ser liberados, alguns vão passar por cirurgia. Os que foram à óbito já foram para o IML. As crianças nós não temos informação ainda, mas estão em estado grave”, contou Tainam Guanais.  Leia Mais

Compartilhar
Brasil/Política

Guedes: reforma da Previdência e abertura de mercado são prioridades

Na cerimônia de transmissão de cargo, o ministro destacou que o mercado é o principal mecanismo de inclusão social

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (2) que a sua gestão será centrada em quatro pilares: abertura da economia, simplificação de impostos, privatizações e reforma da Previdência, acompanhada da descentralização de recursos para estados e municípios. Ele destacou que o novo governo pretende dar importância ao capital humano – como os economistas chamam o investimento em capacitação do cidadão.

“Os economistas liberais sempre tiveram uma outra face, a do capital humano, a importância de investimento em saúde e educação. Pretendemos dar dinheiro para voucher [vales individuais] para saúde, creche e educação, investir na formação da criança de 0 a 9 anos. O governo tem essa ênfase, de um lado, dos conservadores, na família, e a ideia de investimento maciço em capital humano”, declarou.

Na cerimônia de transmissão de cargo, o ministro destacou que o mercado é o principal mecanismo de inclusão social, que permite redistribuir dinheiro de setores privilegiados da sociedade para a saúde e a educação. Ele defendeu reformas estruturais para destravar a economia brasileira, classificando-as de “paredes” de sustentação do teto de gastos.

“Teto, sem paredes de sustentação, cai”, declarou Guedes, ao explicar que pretende controlar o crescimento de gastos públicos, em vez de cortá-los dramaticamente. Segundo ele, o gasto do governo subiu de forma ininterrupta nas últimas quatro décadas, provocando diversas disfunções na economia. O novo ministro classificou o quadro econômico atual de “falsa tranquilidade”, mas disse que o país pagaria caro se a economia não mudasse de rumo.

De acordo com Guedes, o Brasil desperdiçou a oportunidade de crescer como tigres asiáticos por insistir numa economia concentrada no Estado, em vez de uma economia de mercado. Segundo o novo ministro, a “insistência” em ter o setor público como motor da economia produziu “dois filhões bastardos”: a expansão do gasto público e a desestabilização econômica. Nesse momento, ele foi bastante aplaudido por uma plateia formada por banqueiros e empresários. Leia Mais

Compartilhar