Bia

Últimas Noticias

POLITICA

Bahia já investiu R$ 13,7 bilhões desde 2015 e lidera ranking junto com SP

O governo baiano investiu R$ 13,7 bilhões entre janeiro de 2015 e agosto de 2020 e mais uma vez está entre os líderes em destinação de recursos para obras e ações voltadas diretamente ao atendimento a demandas da população. São Paulo somou R$ 42,4 bilhões no período e ocupa a primeira posição entre os executivos estaduais em termos absolutos.
Na proporção dos respectivos orçamentos, a Bahia supera o estado mais rico do país: com orçamento cinco vezes maior, o governo paulista investiu apenas três vezes mais que o baiano.
O Rio de Janeiro, que sediou as Olimpíadas em 2016 e contou com ampla ajuda federal para a organização do evento internacional, ficou em terceiro no ranking com R$ 12,9 bilhões investidos. Em seguida vêm Ceará, com R$ 11,7 bilhões, e Minas Gerais, com R$ 8,2 bilhões. Completam as dez primeiras posições Pará, Paraná, Santa Catarina, Maranhão e Pernambuco.
Os dados foram extraídos do Siconfi – Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro, publicado pela STN – Secretaria do Tesouro Nacional, vinculada ao Ministério da Economia.
Equilíbrio fiscal
Em 2020, um ano totalmente atípico por conta da pandemia do novo coronavírus, os investimentos caíram em todos os estados, mas a Bahia manteve-se entre os líderes no país e somou R$ 1,04 bilhão nos dois primeiros quadrimestres, entre janeiro e agosto.
“Continuar investindo significa gerar emprego e renda em um momento difícil para a população, em especial num caso como o nosso, em que o orçamento do setor público equivale a um quinto do PIB, peso relativo bem mais alto que nos estados mais ricos”, afirma o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório.
O secretário observa, no entanto, que o desafio tende a se intensificar daqui para a frente. A pandemia trouxe perdas na arrecadação tomando-se como parâmetro os números de 2019, que já não refletem a realidade financeira de 2020, pressionada pela expansão nos gastos necessários ao enfrentamento da crise sanitária, lembra Vitório.
O titular da Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA) ainda ressalta que a Bahia mantém a máquina pública em pleno funcionamento e segue em dia com os pagamentos a servidores e fornecedores, mas o impacto das crises sanitária e fiscal sobre as contas públicas tende a se amplificar em 2021. “O pacote de ajuda federal foi importante, mas incapaz de alterar a situação de dificuldade que os Estados já vinham enfrentando antes da pandemia”, alerta.
O período entre 2015 e 2020, entretanto, já vinha sendo marcado por crises sucessivas na economia brasileira, acrescenta Vitório, que atribui a sustentação da capacidade de investimento da Bahia ao longo desses seis anos a um bem sucedido trabalho de garantia do equilíbrio fiscal sob a liderança do governador Rui Costa, baseado em controle do gasto, modernização tecnológica do fisco baiano e combate à sonegação.
No âmbito das receitas próprias, a participação da Bahia na arrecadação nacional do ICMS, que era de 4,53% em 2014, encerrou o ano de 2019 em 4,85% – cada variação de 0,1% corresponde a R$ 480 milhões.
Já no que diz respeito às despesas, a Bahia obteve entre 2015 e 2019 a expressiva economia real de R$ 5,9 bilhões, conquistada devido a ações de qualificação do gasto público que incluíram a extinção de dois mil cargos e empregos públicos, a redução do número de secretarias estaduais, de 27 para 24, e a implantação de uma equipe na Secretaria da Fazenda voltada para o monitoramento permanente das despesas com o custeio da máquina pública.
Investimentos
As principais áreas de concentração dos investimentos baianos desde 2015 foram infraestrutura, mobilidade, saúde, educação e segurança pública. Entre as principais obras realizadas no período estão a expansão do Metrô, a Via Barradão e a Linha Azul, na capital, e a Via Metropolitana, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), além da construção e da recuperação de estradas e da implantação de obras de segurança hídrica para minimizar os efeitos da seca.
Na área de saúde, o Estado construiu nove hospitais e 16 policlínicas regionais, criando uma infraestrutura que mostrou-se fundamental para a bem sucedida estratégia de enfrentamento aos efeitos da pandemia do novo coronavírus a partir de março deste ano.
Os novos equipamentos incluem o HGE 2, o Hospital da Mulher e o Instituto Couto Maia, em Salvador, o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, o Hospital da Chapada, em Seabra, a Maternidade do Hospital da Criança, em Feira de Santana, e o Hospital Metropolitano, que estará em operação a partir de fevereiro de 2021.

As policlínicas regionais já entregues estão em Feira de Santana, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Guanambi, Teixeira de Freitas, Valença, Santo Antônio de Jesus, Juazeiro, Paulo Afonso, Senhor do Bonfim, Jacobina, Simões Filho, Itabuna, Barreiras e Vitória da Conquista.

POLITICA

PT usará horário eleitoral para defender anulação de condenação de Lula

A direção nacional do PT orientou todos os candidatos do partido nas eleições municipais deste ano a usarem o horário eleitoral no rádio e na televisão para defender a anulação da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a recuperação de seus direitos políticos. A orientação faz parte da série de comemorações que o PT prepara para o aniversário de 75 anos de Lula, no dia 27.

“Orientamos pautar nossa propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV neste dia com homenagem a Lula, com a mensagem #AnulaSTF, pela recuperação de plenos direitos políticos para Lula! Essa deve ser uma bandeira de todos os democratas no país”, diz um ofício assinado pela presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e pelo o secretário nacional de Comunicação, Markus Sokol, encaminhado a todas as instâncias partidárias.

Por orientação de Lula, o PT adotou a estratégia de lançar o maior número de candidatos possível nas eleições municipais. Isso ajudou a fragmentar a esquerda em várias cidades importantes. Segundo cálculos do partido, o PT tem cerca de 60 candidatos próprios nas 95 cidades com segundo turno. Desde o início, a sigla tem dito que as campanhas municipais seriam usadas para defender o legado dos governos petistas e os direitos de Lula.

O ex-presidente foi condenado duas vezes por corrupção passiva e lavagem de dinheiro nos casos do sítio de Atibaia e do tríplex do Guarujá, ambos com base em investigações da Lava Jato. Lula chegou a cumprir um ano e meio de prisão em Curitiba.

Segundo Sokol, o ex-presidente não foi o autor da ideia, mas aprovou a medida. “Não é contra a vontade dele, mas não foi ele que pediu. Lula é superparcimonioso. Ele sempre diz que é o último que poderia pedir essas coisas”, disse o dirigente.

As datas, definições partidárias, candidaturas e a cobertura especial do jornal das campanhas pelo País e nos Estados Unidos

A orientação é apenas uma das ações do PT para comemorar o aniversário de Lula. O partido vai estimular os diretórios municipais e candidatos a vereador a convidar a população para comer bolo em homenagem ao ex-presidente. A TVPT veiculará uma programação especial e um minidocumentário contando a trajetória do ex-presidente, e o Instituto Lula vai receber vídeos de um minuto de apoiadores.

“Vamos, nacionalmente como partido, realizar de maneira ampla atividades de comemoração do aniversário do principal dirigente do PT e maior liderança popular do País. Convocamos os diretórios e, em especial, as candidatas e candidatos a vereador(a) e prefeito(a), a comemorarmos juntos esta data, juntos com o povo. Há várias formas possíveis, adaptadas à agenda local, de fazer essa comemoração”, diz o ofício da direção nacional.

Perguntado se a orientação de usar o espaço na TV para a defesa de Lula configura desvio de finalidade, já que o horário eleitoral é pago com dinheiro público para que as campanhas façam sua propaganda, Sokol respondeu que a anulação das condenações do ex-presidente é uma plataforma de todos os candidatos do PT.

“Vamos politizar a eleição. Com este governo Bolsonaro não existe solução real só no âmbito municipal. Não sei se tem alguma definição do que é propaganda eleitoral. Levantar a defesa da maior liderança de massas do Brasil não é uma bandeira política? Se alguém ficar incomodado, é para incomodar mesmo”, disse o dirigente.

//istoé

POLITICA

Ilhéus: homem flagrado em vídeo agredindo mulher com vários socos é levado para presídio

O homem que foi flagrado em um vídeo agredindo uma mulher com vários socos no rosto, em Ilhéus, no sul da Bahia, já foi encaminhado para o presídio Ariston Cardoso, que fica na mesma cidade.

Carlos Samuel Freitas era considerado foragido e se apresentou ontem na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus, após a Justiça negar o pedido de revogação da prisão dele, feito pela defesa. Ele chegou ao local com o rosto coberto por um boné e com um capuz na cabeça.

Segundo a TV Santa Cruz, o suspeito foi novamente ouvido pela polícia, mas o teor do depoimento não foi divulgado. O inquérito deve ser concluído pela Polícia Civil em até dez dias.

O delegado Evy Paternostro, que comanda as investigações, informou que outras quatro denúncias de violência contra mulheres foram registradas contra Carlos Samuel e estão em apuração.

POLITICA

País não vai comprar Coronavac mesmo se vacina for aprovada pela Anvisa, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse que a Coronavac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech contra a Covid-19 e testada no Brasil pelo Instituto Butantan, não será comprada pelo governo federal, mesmo após uma eventual aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Bolsonaro alego ontem (21), em entrevista à rádio Jovem Pan, que existe um “descrédito muito grande” em relação ao imunizante e sugeriu que não aceitará ser vacinado contra a doença.

“A da China nós não compraremos, é decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população [inaudível]. Esse é o pensamento nosso. Tenho certeza que outras vacinas que estão em estudo poderão ser comprovadas cientificamente, não sei quando, pode durar anos”, disse o presidente. “A China, lamentavelmente, já existe um descrédito muito grande por parte da população, até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido por lá”, acrescentou, sem apresentar provas do que estava dizendo.

Na quarta-feira, o presidente desautorizou o ministro Eduardo Pazuello e afirmou que o imunizante contra o novo coronavírus “não será comprado” pelo governo brasileiro. A decisão ocorreu menos de 24 horas após o Ministério da Saúde anunciar que tem a intenção de adquirir 46 milhões de doses da Coronavac, vacina candidata contra Covid-19 do laboratório chinês Sinovac Biotech testada no Brasil pelo Instituto Butantan.

POLITICA

MORRE VOLUNTÁRIO DOS TESTES DA VACINA DE OXFORD

Em meio às disputas sobre a vacina para combater a covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta quarta-feira (21) que um voluntário brasileiro participante dos testes da vacina de Oxford morreu.

O óbito, de acordo com a agência, foi notificado em 19 de outubro. Não foi confirmado se o voluntário recebeu o imunizante ou o placebo, procedimento padrão em testes.

A vacina é a escolhida pelo governo federal como principal imunizante, criado por meio de uma parceria entre a Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca. Atualmente, os testes estavam na terceira fase.

A Anvisa afirma, em nota, que “os dados sobre voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo, em conformidade com princípios de confidencialidade, dignidade humana e proteção dos participantes”.

O imunizante da AstraZeneca já foi aplicado em mais de 20 mil voluntários em todo o mundo, de acordo com o Instituto D’or de Pesquisas e Ensino (Idor), responsável pelos testes da vacina no Rio de Janeiro.

Tanto a agência federal quanto o instituto recomendam o prosseguimento do estudo da vacina, e “o processo permanece em avaliação”.

O Idor ainda afirma que “é ume studo randomizado e cego, em que 50% dos voluntários recebem imunizante e outros 50% recebem placebo”. No país, participaram do teste, até o momento, aproximadamente 8 mil voluntários.

Nota da Anvisa, na íntegra

“Em relação ao falecimento do voluntário dos testes da vacina de Oxford, a Anvisa foi formalmente informada desse fato em 19 de outubro de 2020. Foram compartilhados com a Agência os dados referentes à investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança. É importante ressaltar que, com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo. Assim, o processo permanece em avaliação.

Portanto, a Anvisa reitera que, segundo regulamentos nacionais e internacionais de Boas Práticas Clínicas, os dados sobre voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo, em conformidade com princípios de confidencialidade, dignidade humana e proteção dos participantes.

A Anvisa está comprometida a cumprir esses regulamentos, de forma a assegurar a privacidade dos voluntários e também a confiabilidade do país para a execução de estudos de tamanha relevância.

A Agência  cumpriu, cumpre e cumprirá a sua missão institucional de proteger a saúde da população brasileira.”

POLITICA

COVID-19 ACELERA “TRABALHO DO FUTURO”, COM ROBÔS NO LUGAR DE HUMANOS

Se a tendência de robotização do trabalho já era grande, a pandemia da covid-19 tornou essa mudança ainda mais rápida.

Segundo o Fórum Econômico Mundial, 85 milhões de empregos de empresas de médio a grande porte serão extintos nos próximos cinco anos. A aceleração se deve às mudanças dos locais de trabalho, com robôs substituindo os trabalhadores.

O número foi obtido depois de pesquisas com aproximadamente 300 empresas de todo o mundo. A digitalização do trabalho e as novas tecnologias, no entanto, acarretarão em mais desigualdades sociais.

Por outro lado, mais de 97 milhões de novas vagas serão criadas em setores de tecnologia.

“Trabalho do futuro”

De acordo com o levantamento, quatro em cada cinco donos de grandes empresas estão complanos acelerados de digitalizar o trabalho, e entre aqueles trabalhadores que permanecerão em suas atividades, metade terão que aprender novas habilidades.

Para Saadia Zahidi, diretora administrativa do Fórum, “a covid-19 acelerou a chegada do trabalho do futuro”. O estudo indica que em 2025 homens e máquinas vão compartilhar atividades definidas por seus empregadores.

POLITICA

Justiça eleitoral de Itabuna proíbe carreatas, comícios e passeatas no município

O juiz da 28ª Zona Eleitoral, Antônio Carlos Rodrigues de Moraes, atendeu a pedido do Ministério Público de Itabuna e proibiu eventos que resultem em aglomerações na cidade do sul da Bahia.

Com a medida para evitar a disseminação do coronavírus, carreatas, comícios e passeatas não estão autorizados. O magistrado estipulou multa de R$ 100 mil por cada descumprimento.

Na última semana, juízes eleitorais proibiram esses eventos nos municípios de Camacan, Santa Luzia, Mascote e Pau Brasil – todas no sul da Bahia -, e em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano.

//metro1

POLITICA

“Já mandei cancelar’, diz Bolsonaro sobre protocolo de intenções de garantir vacina CoronaVac

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (21) que mandou cancelar o protocolo de intenções de compra de 46 milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan e pela farmacêutica chinesa Sinovac. O anúncio do protocolo de intenções havia sido feito ontem (20) pelo Ministério da Saúde.

“Houve uma distorção por parte do João Doria no tocante ao que ele falou. Ele tem um protocolo de intenções, já mandei cancelar se ele [Pazuello] assinou. Já mandei cancelar. O presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade. Até porque estaria comprando uma vacina que ninguém está interessado por ela, a não ser nós”, afirmou Bolsonaro durante visita a um centro militar da Marinha em Iperó (SP).

Nesta quarta, Bolsonaro já havia afirmado em suas redes sociais que o governo não iria adquirir “vacina da China”.

POLITICA

Universidades federais são responsáveis por quase 70% das notas máximas no Enade

Instituições podem perder até R$ 1 bilhão em recursos no Orçamento de 2021

Dos 510 cursos de graduação que receberam conceito máximo no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), 67% são de universidades federais. As instituições estão ameaçadas de ter cortes de R$ 994,6 milhões em verbas no orçamento de 2021. O levantamento é do G1.

Do restante, 18% são de universidades privadas (com ou sem fins lucrativos); 14,5%, de estaduais; e 0,5%, de municipais.

O índice, divulgado hoje (20) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mede a qualidade dos cursos com base no desempenho dos alunos no Exame. A nota varia de 1 a 5, sendo 5 a pontuação mais alta. De 8.368 cursos, 510 atingiram a maior nota. (mais…)

POLITICA

Brasil registra 154.327 mortes por Covid-19, diz consórcio de imprensa

Segundo boletim, no total, país tem 5.255.277 contaminações em decorrência da doença

O Brasil contabiliza 154.327 óbitos e 5.255.277 contaminações em decorrência da Covid-19, de acordo com boletim das 13h divulgado hoje (20) pelo consórcio de veículos de imprensa – formado por O Globo, Extra, G1, Folha de S.Paulo, Uol e O Estado de S. Paulo.

Pela manhã, às 8h, o consórcio publicou a primeira atualização do dia com 154.243 mortes e  5.251.416 casos. (mais…)

POLITICA

Policiais baianos terão acesso a app para consultar mandados de prisão e carros roubados

De forma inédita, a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senasp/MJSP) está percorrendo as cinco regiões do País com a ação “Senasp Itinerante”, que busca ampliar a interlocução da pasta com as secretarias estaduais da área e ouvir as principais demandas dos Estados para apresentar soluções voltadas à melhoria da segurança pública, de acordo com a realidade local.

A região Nordeste será a segunda a receber o projeto, que acontece em Natal (RN), entre hoje (20) e quinta (22). Na ocasião, segundo a pasta, serão apresentadas sugestões para melhoria das condições de trabalho, como o aplicativo Sinesp Agente de Campo, ferramenta digital gratuita que será entregue pela Secretaria Nacional de Segurança Pública às forças policiais para acesso a mandados de prisão e busca nacional de veículos roubados, entre outras operações.
O aplicativo é destinado aos agentes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) que já utilizam as ferramentas do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

Somente na região Nordeste, serão 20.039 agentes. No estado da Bahia, o aplicativo vai integrar 3.179 agentes da segurança pública que já utilizam as ferramentas do Sinesp e que poderão ter acesso ao novo Agente de Campo.

POLITICA

Dia D de vacinação registra mais de 17 mil pessoas imunizadas em Salvador

No Dia D das campanhas nacionais de vacinação contra a poliomielite e multivacinação, no último sábado (17), a Secretaria Municipal de Saúde imunizou 17.539 pessoas em Salvador.

A vacinação ocorreu em 157 pontos, entre unidades básicas de saúde e postos volantes espalhados pela capital baiana, além do sistema de drive-thru, que funcionou na Arena Fonte Nova e no Atakarejo de Fazenda Couto.

Ambas as vacinas começaram a ser ofertadas no último dia 5 na cidade. A campanha segue até o dia 30 deste mês.

POLITICA

Possível subnotificação de sarampo durante pandemia preocupa OPA

A queda das notificações de sarampo no continente americano durante a pandemia de covid-19 preocupa a Organização Panamericana de Saúde (Opas), representação regional da Organização Mundial da Saúde (OMS). A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

“Precisamos fazer muito mais para poder tirar o sarampo de nossas vidas. E ainda temos que fazer outra pergunta: estamos notificando todos os casos com o contexto da pandemia em 2020? É uma pergunta que estamos todos fazendo não somente aqui na região das Américas”, alertou a especialista em imunizações da OPAS no Brasil, Lely Guzman, afirmou durante a Jornada Nacional de Imunizações, no último sábado (17).

Lely Guzman lembrou que o continente americano havia obtido o selo de erradicação do sarampo em 2016, mas voltou a registrar casos da doença nos anos seguintes, fenômeno que especialistas relacionam à queda na cobertura da vacina tríplice viral.

POLITICA

Dólar fecha abaixo de R$ 5,60 com otimismo sobre vacina para Covid-19

O dólar fechou em queda hoje (19), tendo no radar maior otimismo em relação a uma vacina para o coronavírus.

A moeda norte-americana caiu 0,77%, vendida a R$ 5,5997.

Na sexta-feira (15), a moeda norte-americana encerrou o dia com alta de 0,30%, cotada a R$ 5,6430 — maior valor de fechamento desde 2 de outubro.

No Brasil, o mercado financeiro elevou pela 10ª semana seguida a estimativa de inflação para este ano e tombo menor do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020.

POLITICA

CINEMAS, MUSEUS E SALAS DE EXPOSIÇÃO REABREM AO PÚBLICO EM SP

Com entrada reduzida para 60% do normal, além de marcações no chão para manter distanciamento social e pontos de álcool em gel, alguns centros culturais de São Paulo reabriram neste final de semana. Estes locais permaneceram sete meses fechados por conta da pandemia.

Alguns dos espaços reabertos são cinemas, museus e salas de exposição, como a Pinacoteca. A proposta dos centros culturais é de oferecer ao visitante a experiência mais próxima possível do que era antes da pandemia, mas mantendo o cuidado com a mesma.

“Senti um pouco de medo, mas uma hora precisa voltar. Eu achei bem interessante que eles estão tentando adaptar dentro do possível”, conta Marcelo Barbosa Boaba, que foi ao cinema no final de semana.

POLITICA

Auxílio emergencial infla retomada no Norte e no Nordeste do País

A retomada da economia nos estados do Norte e Nordeste foi impulsionada pelo auxílio emergencial, segundo reportagem da Folha de S. Paulo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que em 15 dos 16 estados do Norte e Nordeste o comércio explodiu e já ultrapassou com sobras o nível pré-pandemia. À exceção da Bahia, os estados nordestinos com indústria pesquisada pelo IBGE também registraram crescimento em meio à pandemia. O Amazonas já recuperou, com sobras, as perdas do período. O mesmo aconteceu com Pará, Ceará e Pernambuco.

Já o setor de serviços ainda sofre para retomar o nível pré-pandemia, devido à dificuldade dos serviços prestados às famílias. Sem vacina para a Covid-19, os deslocamentos para bares, restaurantes, hotéis e viagens de turismo seguem limitados.

POLITICA

Vitória da Conquista: Mulher é presa com 45 mil comprimidos usados no golpe ‘Boa Noite Cinderela’

, quando a equipe de policiais abordou um ônibus interestadual que fazia a rota Rio de Janeiro (RJ) X Fortaleza (CE).

Durante a fiscalização, os policiais desconfiaram de uma passageira que demonstrou extremo nervosismo. Ao solicitar que a mulher, de 23 anos, apresentasse seus documentos e abrisse sua bagagem, a passageira indicou a sua mala, que possuía um cadeado com senha. A jovem tentou enganar os policiais afirmando não se recordar qual era a numeração do segredo, pois a mala era emprestada e pertencia a sua irmã.

Os policiais solicitaram que a jovem entrasse em contato com a irmã, que lhe informaria a senha. Após uma ligação, ela abriu o cadeado. A mala continha algumas peças de roupas e 09 sacos plásticos contendo comprimidos brancos, acondicionados dentro de uma caixa com uma etiqueta parcialmente removida, onde estava escrito “ARTANE 5m”.

Questionada pelos policiais, a passageira informou que se tratava do medicamento Artane, com dosagem de 5mg, conhecido no Ceará pelo nome de “Aranha”. Ela afirmou ainda que havia pago a quantia de R$ 20 mil pelo produto, com o objetivo de vender na capital cearense, e que cada comprimido pode ser vendido pelo valor de até 5 reais.

O Triexifenid, aplicado no tratamento de todas as formas de parkinsonismo, também é usado em festas rave e para o golpe “Boa Noite Cinderela”, pois suas propriedades geram indução de estados mentais alterados, como alucinações e delírios.

A mulher, que já tinha passagem por tráfico de drogas, foi presa e encaminhada com o material apreendido para a Delegacia de Polícia Judiciária local.