Bia

Últimas Noticias

POLITICA

Trabalho da Defesa Civil é reconhecido com moção de aplauso da Câmara de Vereadores

O trabalho dos servidores da Defesa Civil Municipal nas ações preventivas e de socorro desenvolvidas pela Prefeitura recebeu o reconhecimento da Câmara de Vereadores, por meio de uma moção de aplauso.

O diploma, uma indicação do vereador Ricardo Babão, subscrita por Luciano Gomes, foi entregue nesta quarta-feira (19), no gabinete da prefeita Sheila Lemos, com as presenças de membros da Defesa Civil, do coordenador do órgão, José Antônio Vieira, e do secretário Chefe do Gabinete Civil, Lucas Dias, a quem a Defesa Civil está ligada.

“Temos a missão de servir ao povo e é isso que eu vejo em vocês o tempo inteiro: pessoas que estão realmente imbuídas em servir ao povo, em dar tudo de si para que a população de Vitória da Conquista sofra menos”, parabenizou a prefeita.

Ela lembrou os serviços prestados pela Defesa Civil no período de seca e no período de chuvas intensas vivido pelo município, um trabalho que começou em novembro do ano passado e que segue atualmente com as ações assistenciais. “Gratidão a cada um de vocês”, finalizou Sheila.

O vereador Babão falou da alegria de fazer a entrega do título no dia do aniversário dele. “O aniversariante sou eu, mas vocês que estão de parabéns. Essa equipe merece o respeito e valorização de todos nós”, declarou, revelando que a moção é também dedicada à prefeita, “pois a gestão corre atrás de recursos, de melhorias; e Sheila é diferenciada, por isso tenho caminhado e ajudado ela”.

Durante a homenagem, Rosa Freitas, servidora da Defesa Civil, pediu a palavra para agradecer à prefeita pela atenção aos servidores e a Ricardo Babão pelo reconhecimento dos serviços prestados à população. “Estamos de perto observando o quanto esse governo está dando resposta. A gente que está na ponta vê como as pessoas estão satisfeitas. Então essa moção de aplauso, a gente estende à prefeita. A Defesa Civil é uma paixão e vamos continuar dando o melhor”, afirmou Rosa. Em nome dos demais servidores, ela e o engenheiro João Gabriel receberam a placa.

POLITICA

Governador reduz outra vez público em eventos; novo limite é de 1.500 pessoas

//metro1

O governador Rui Costa anunciou nesta quinta-feira (20) uma nova redução do público limite em eventos. Agora, o número caiu para 1.500 pessoas. A ocupação dos espaços também não pode ultrapassar 50% da capacidade do local e o comprovante de vacinação deve ser apresentado por clientes em bares, restaurantes, espaços culturais, academias e outros.

A informação foi dada pelo governador durante coletiva à imprensa. O novo decreto deve ser publicado ainda na sexta-feira (21) e também é válido para jogos em estádios.

Na terça-feira (11) da semana passada, Rui Costa já havia reduzido o limite de público em eventos de 5 mil para 3 mil pessoas. A nova redução ocorre porque as infecções por Covid-19 continuam em ritmo acelerado. Ainda assim, mesmo após a redução do dia 11, cenas de aglomeração foram vistas em festas pela Bahia e o governador ameaçou reduzir “drasticamente” o público em eventos.

POLITICA

Preocupada com aumento dos casos de Covid-19 e de gripe, Câmara suspende atendimento presencial a partir desta quarta

O expediente na Câmara Municipal de Vitória da Conquista será alterado a partir desta quarta-feira, 19, por determinação da Portaria 043/2022, que estabelece a suspensão das atividades presenciais e o retorno das semipresenciais. A decisão foi tomada pela Mesa Diretora com apoio dos líderes das Bancadas de Situação e Oposição, tendo em vista o aumento na reincidência dos casos de Covid-19, e de disseminação do vírus da gripe H3N2, no município, com vários servidores e assessores da Casa afetados.

Segundo a portaria, todos os vereadores, assessores parlamentares, servidores da Casa e o público em geral deverão seguir rigorosamente os critérios estabelecidos, assim como observar os protocolos de segurança contra a disseminação da COVID-19 e do H3N2, editados pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista.

Os servidores passarão a cumprir, de forma presencial, uma jornada de trabalho de quatro horas, no horário compreendido entre 8h e 12h, de segunda a sexta-feira, exclusivamente para as atividades administrativas, sob a forma de revezamento. A jornada de trabalho semanal deverá ser complementada no turno vespertino, quando servidores e demais trabalhadores deverão permanecer de sobreaviso no período necessário, para completar suas respectivas cargas horárias, atuando, inclusive, na prestação remota de serviços.

O acesso às dependências da Câmara ficará restrito aos vereadores e aos assessores indicados, que não devem ultrapassar o limite de dois (2), além dos servidores efetivos e comissionados, devidamente identificados. O retorno ao atendimento nos gabinetes dependerá da verificação dos protocolos de segurança no que diz respeito à pandemia da Covid -19 e ao surto de gripe causado pelo vírus H3N2.

De acordo com o presidente da Casa, Luis Carlos Dudé, a medida era necessária. “Nós estamos com muitos servidores afastados por conta da gripe, com Covid ou suspeita de Covid, uma situação que exigiu de nós uma medida urgente. O legislativo não pode funcionar sem os funcionários e nem colocar em risco a vida dos que estão saudáveis e nem das pessoas que vêm de fora”, disse Dudé.

Ainda segundo ele, a Portaria 043/2022 terá duração de 15 dias e poderá ser suspensa ou reeditada, o que vai depender dos índices de controle da doença no município. “A Mesa Diretora vai acompanhar a evolução da Covid-19 e do H3N2 no município, para saber o momento certo de suspender a portaria ou reeditá-la. Precisamos cuidar das pessoas, cuidar dos nossos servidores e das pessoas que frequentam essa Casa”, concluiu.

POLITICA

Secretaria de Finanças conclui migração de dados para novo sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica

A Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) concluiu na noite de ontem (18) o processo de importação dos dados dos contribuintes para o novo sistema de emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFE).

A mudança do sistema, feita no final do ano passado, em função do final do contrato com a empresa responsável pelo software, exigiu a migração de todos os dados armazenados no sistema anterior, o WebIss, para o atual, o E&L. Os dados são importantes para gerar, além da Nota Fiscal Eletrônica, informações para a Receita Federal sobre a tributação do Simples Nacional.

Segundo o secretário de finanças, Jonas Sala, o processo de migração foi feito cuidadosamente, para que não houvesse a perda nem a possibilidade de vazamento das informações dos contribuintes. Ele reitera que, em caso de alguma inconsistência no acesso ao sistema, que o usuário deve procurar a Sefin. “Todo processo, em seu início, requer ajustes. Porém, estamos dentro do prazo legal, que se encerra nesta quinta-feira (20), para resolver”, complementou Sala.

POLITICA

Abrigos provisórios criados por causa das chuvas ainda têm 46 famílias

Cinco dos oito abrigos provisórios montados pela Prefeitura de Vitória da Conquista para acolher os desabrigados pelas chuvas do mês de dezembro, na zona rural e na sede, ainda têm 46 famílias e 175 pessoas. Apesar da redução da população nos abrigos, que chegaram a receber até 100 famílias e mais de 330 pessoas, os números mostram que ainda há muito o que fazer para que os mais prejudicados pelas chuvas possam recuperar a sua vida normal.

A maioria das pessoas que não estão mais nos alojamentos provisórios voltou para casa e outra parte foi para casas de familiares, até que possam retornar às suas próprias. De acordo com a Defesa Civil, pelo menos 120 casas caíram total ou parcialmente. Outra dificuldade para o retorno das famílias para seus lares é a condição da localidade onde moram, com terrenos ainda com lama ou água suja, de fossas que estouraram, entre outros motivos.

A Prefeitura cadastrou essas famílias e imóveis e lançou os dados no sistema do Governo Federal para assegurar os recursos da União que serão utilizados na reforma ou reconstrução das casas. Até lá, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) providencia o auxílio-moradia e ajuda na realização do saque do FGTS, de acordo com a legislação federal.

Quem ainda está nos abrigos conta com alimentação, material de higiene pessoal, roupas e recebe toda assistência social e de saúde. As ações são também direcionadas para a população atingida que não está nos abrigos. A ajuda humanitária tem chegado na forma de cestas básica e os mesmos itens doados às pessoas que estão abrigadas.

“Nos últimos dias intensificamos as ações de atendimento aos abrigados, garantindo uma maior proximidade das equipes da Assistência Social junto a essas famílias. Isso será fundamental para o trabalho voltado ao retorno seguro e protegida para suas residências. Além disso, ampliamos as ações comunitárias nas áreas diretamente afetadas pelas chuvas. Essas duas frentes materializam uma resposta concreta do Governo Municipal frente a essa realidade tão desafiadora e, certamente, trarão consequências positivas para as vidas dessas famílias”, avalia o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

ABRIGOS ATIVOS ZONA URBANA

1 – Escola Municipal Celina de Assis Cordeiro – Campinhos

4 famílias/2 pessoas

2 – Escola Municipal Marlene Flores – Lagoa das Flores

14 famílias/59 pessoas

3 – Escola Municipal José Gomes Novais – Lagoa das Flores

7 famílias/21 pessoas

ABRIGOS ATIVOS ZONA RURAL

1 – IFBA – Povoado de Itapirema (distrito de José Gonçalves)

13 famílias/41 Pessoas

2 – Centro Educacional Moisés Meira – (Sede do distrito de José Gonçalves)

8 famílias/32 pessoas

Total de famílias nos cinco abrigos: 46

Total de pessoas:  175

POLITICA

MP investiga se mortes de araras-azuis na Bahia têm relação com eletrocussão

//metro1

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) investiga se as mortes de araras-azuis-de-lear, espécie rara e ameaçada de extinção, têm relação com choques elétricos. A Promotoria acionou a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba) para que a mortandade de pelo menos 50, registrada em municípios como Euclides da Cunha e Jeremoabo, seja melhor compreendida.

Na segunda-feira (17), promotores representantes e entidades de proteção ao meio ambiente se reuniram para definir um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). O número de mortes contabilizadas pelas entidades de defesa ambiental leva em conta os últimos quatro anos, pois foi nesse período que agricultores passaram a informar, com frequência, que aves foram vistas mortas nas propriedades e estradas da região.

Segundo o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), somente entre maio e julho do ano passado, sete araras-azuis foram encontradas mortas em Euclides da Cunha.

POLITICA

Primeira quinzena de 2022 tem redução de quase 30% em mortes violentas na Bahia

//metro1

Em comparação com os primeiros 15 dias de 2021, neste ano, a Bahia registrou redução de 28,7% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), categoria que engloba homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Os números são da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Em números absolutos, foram menos 74 mortes contabilizadas, com relação aos 258 casos no ano anterior.

A maior redução aconteceu nos municípios do interior baiano, região onde houve a diminuição de 32,7% (de 168 para 113). Em Salvador, as mortes violentas caíram de 57 em 2021, para 41 este ano. Já na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a queda foi de 33 para 30 casos, menos 9,1%.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino, comemorou a redução.  “Esse é o resultado de uma série de ações que vão desde o aumento do policiamento nas ruas, ao trabalho silencioso de investigação. Também estamos com forte atuação, em parceria com a Seap, nas revistas dos presídios e para impedir a entrada de celulares nesses locais. A iniciativa ajuda a evitar a comunicação entre os detentos e criminosos que ainda não foram capturados, o que reflete diretamente na redução do número de mortes”, disse.

Ainda segundo ele, o início de 2022 mantém a tendência do último trimestre de 2021, quando foram registradas reduções sucessivas, a partir do mês de outubro.

Ainda assim, o número de mortes violentas se mantém alto no estado. Apesar das quedas, apenas nos primeiros 15 dias deste ano foram 184 casos registrados.

POLITICA

Sobe para 27 o número de óbitos pelas chuvas na Bahia

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) confirmou na tarde deste domingo (16) mais um óbito em decorrência das fortes chuvas no estado. A última morte ocorreu no dia 7, em Barra, no oeste baiano, e foi informada à Sudec pelo município apenas hoje.

O homem tinha 72 anos E se afogou no assentamento São Francisco, na margem do Rio Grande, zona rural de Barra.

As localidades com vítimas fatais são: Amargosa (2), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Jucuruçu (3), Macarani (1), Prado (2), Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Ilhéus (3), Aurelino Leal (1), Itabuna (2), São Félix do Coribe (2), Ubaitaba (1), Belo Campo (1) e Barra (1).

A Sudec atualizou os números referentes à população atingida pelas chuvas. São 30.306 desabrigados, 62.156 desalojados, 27 mortos e 523 feridos. O total de atingidos é de 965.643 pessoas.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 199 municípios afetados. Desse total, 190 estão com decreto de situação de emergência.

POLITICA

Bahia atinge maior número de casos ativos de Covid desde julho de 2021; são mais de 9 mil infectados

A Bahia registrou neste domingo (16) 9.055 casos ativos de Covid-19, número mais alto desde julho do último ano — quando foram registrados 9.301 ocorrências. O boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) aponta ainda que, nas últimas 24 horas, foram computados 1.472 novos casos de Covid-19 e 4 óbitos pela doença.

Desde o início da pandemia, foram confirmados um total de 1.288.556 casos da doença e 27.662 óbitos. Segundo a Sesab, os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde.

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 64% na Bahia. Já os leitos pediátricos estão com ocupação de 93%.

POLITICA

Morre jovens vítimas de afogamento na Limeira

Duas mulheres morreram vítimas de afogamento na tarde deste sábado (15) no Lagedinho, região da Limeira. As jovens foram identificadas como Rayane Santos e a outra Fabricia.

O blog da Bia Oliveira lamenta o ocorrido e presta sua solidariedade à parentes e amigos. Que Deus possa conforta-los neste momento de dor e tristeza.

 

POLITICA

Bahia não vai exigir termo de autorização para vacinação de crianças contra Covid, diz secretária

A secretária estadual de Saúde da Bahia, Tereza Paim, anunciou que o estado não vai exigir o termo de autorização, que é recomendado pelo Ministério da Saúde, para vacinação das crianças de 5 a 11 anos.

“Pais ou responsável têm direito por sua criança. E isso foi acatado na reunião bipartite [da Comissão Intergestores Bipartite-Ba]. Pai, mãe ou responsável que levar seu filho vai vacinar. Só precisar de um mecanismo comprovação, um documento, de que é o responsável”, afirmou a gestora. Declaração foi dada em entrevista à TV Bahia.

Mais cedo o prefeito da capital baiana, Bruno Reis havia anunciado a possibilidade abrir mão da exigência se por conta disso, ocorresse aglomerações durante a vacinação.

POLITICA

Lacen-BA registra aumento de 234% nos diagnósticos de Covid-19 em 12 dias

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) registrou, entre os dias 1º e 12 de janeiro de 2021, um aumento de 234% nos diagnósticos da Covid-19 no estado. De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), o laboratório analisou, neste período, mais de 3 mil exames de RT-PCR diariamente.

Do primeiro dia do ano até esta quarta-feira (12), a cada 100 testes realizados, o número de resultados positivos para o coronavírus saltou de 6,55 para 21,93. Este percentual só havia sido registrado anteriormente em outubro de 2021.

O último boletim divulgado pela Sesab, nesta quarta, indicou que a Bahia registrou 1.610 casos e 12 mortes pela doença em 24 horas. Desde o início da pandemia, 27.628 pessoas morreram no estado em decorrência da doença. Já o número de casos ativos atingiu 6.174, o maior desde julho de 2021.

“Medidas não farmacológicas como o uso de máscara e a higiene frequente das mãos são tão importantes quanto ter o esquema vacinal completo”, ressaltou a secretaria, em comunicado nas redes sociais.

Em resposta a um comentário, a secretaria reforçou que ainda existem seis milhões de baianos que não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19, número correspondente a quase metade do público-alvo, que contempla 12,7 milhões de pessoas com mais de 12 anos. Ainda segundo a Sesab, mais de 1,8 milhão de pessoas sequer tomaram a primeira dose de vacina, e 4,2 milhões estão com as segundas e terceiras doses em atraso.

POLITICA

Bahia receberá apenas 5% do total de doses necessárias para vacinar crianças contra Covid

A primeira remessa de vacinas contra a Covid-19 destinada às crianças de 5 a 11 anos chegará à Bahia na madrugada desta sexta-feira (14), informou a Secretaria de Saúde do estado (Sesab). Serão 75 mil doses, o que corresponde a apenas 5% do total necessário para imunizar o público-alvo baiano, estimado em cerca de 1,5 milhão, com a primeira dose.

Ainda de acordo com a Sesab, a previsão é que a carga enviada pelo Ministério da Saúde chegue ao aeroporto de Salvador à 1h20. As doses devem ser enviadas aos municípios após o parecer do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (INCQS/Fiocruz), previsto para ser divulgado às 14h desta sexta, e a conclusão da reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que acontecerá na manhã do mesmo dia.

As vacinas serão encaminhadas para as regionais de saúde no interior do estado em aeronaves da Casa Militar do Governador e do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (PM). Em seguida, os imunizantes serão distribuídos para os municípios, que são responsáveis pela operacionalização da vacinação.

POLITICA

Deputado Arthur Maia anuncia quase R$ 3 milhões em emendas para Vitória da Conquista

Os recursos já estão alocados na conta da prefeitura

Na tarde desta quarta-feira, 12, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista recebeu as visitas da prefeita Sheila Lemos e do deputado federal Arthur Maia, ambos do DEM. Eles foram recebidos pelo presidente do legislativo, Luís Carlos Dudé (MDB). A visita teve como objetivo o anúncio de obras importantes para o município, como a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS), do Bairro Patagônia, com emenda de R$ 800 mil, e a reforma da Feira do Bairro Brasil, no valor de R$ 2 milhões. As duas obras serão realizadas com emendas de Arthur Maia, articuladas pelo mandato do vereador.

O deputado reafirmou a parceria com o Governo Municipal e com o presidente do legislativo. “Dudé é um grande parceiro meu e da prefeita Sheila, uma voz presente e sempre pedindo por Vitória da Conquista, um vereador que tem lutado por essa cidade, que tem olhado pelas pessoas”, disse, e enfatizou que a prefeita Sheila vem se revelando uma excelente gestora. “Sempre preocupada com o desenvolvimento de Vitória da Conquista. Com certeza,  estamos firmes nessa parceria”, pontuou.

A prefeita Sheila Lemos destacou a importância do deputado Arthur Maia para o município. “É um deputado que tem olhado por Vitória da Conquista, que tem trazido obras importantes para o município, como essas que vão contemplar a Zona Oeste, um lado da cidade que é maior que muitas cidades da Bahia”, salientou, ressaltando o esforço conjunto do deputado e do presidente da Câmara em favor de Conquista. “Eles têm sido amigos de Vitória da Conquista, têm trazido obras importantes para o município”.

O vereador Luís Carlos Dudé relatou algumas obras executadas com emendas de Arthur Maia, como a pavimentação de ruas do bairro Alegria e parte do Jurema,  investimentos no Hospital Esaú Matos, na ordem de R$ 500 mil, na Santa Casa de Misericórdia, R$ 500 mil, mais de R$ 400 mil para ações de combate à Covid-19. “Tem muitas outras ações, e agora o deputado traz recursos para a reforma e ampliação da feira da Praça Abdias Menezes, no Bairro Brasil, e a UBS do Patagônia, que é o bairro mais populoso da cidade e não tem uma Unidade Básica de Saúde, o recurso já está alocado, são R$ 800 mil para a construção e depois mais R$ 1 milhão e 200 mil para a instalação”, disse, complementando que a parceria com Maia vem desde 2018 e tem rendido grandes frutos ao município.

POLITICA

 Presidente da Câmara destaca importância da Rádio Legislativa 90.3 FM

Dudé diz que se empenhará para que a rádio entre em  funcionamento o quanto antes

A autorização de funcionamento da Rádio Câmara de Vitória da Conquista, na Frequência Modulada (FM) 90.3, foi publicada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Com a publicação, a emissora já pode funcionar em estágio experimental, com transmissão das sessões da Câmara Municipal e da Câmara dos Deputados, entre outros programas definidos pela grade da rádio.

Segundo o presidente da Câmara, Luís Carlos Dudé (MDB), a Rádio Legislativa é uma grande aquisição para a Casa. “Eu fico muito à vontade para falar sobre a Rádio Câmara, porque sou radialista e um grande entusiasta do rádio. Mas quando cheguei à presidência já estava basicamente tudo pronto. O ex-presidente da Casa, o vereador Luciano Gomes, foi quem articulou e deixou as coisas prontas, cabendo a mim, agora, na qualidade de presidente, dar segmento à implantação definitiva dessa ação”, disse Dudé.

Ainda conforme o presidente, ele está aguardando receber o comunicado oficial do Ministério das Comunicações para iniciar a programação da emissora. A rádio terá uma direção escolhida a dedo, por se tratar de uma emissora institucional. Eu sou radialista e tenho o dever e obrigação de fazer o melhor”, concluiu.

POLITICA

Ômicron corresponde a 98,7% das infecções por Covid no Brasil, indica pesquisa

Uma pesquisa do Instituto Todos pela Saúde (ITpS), com os laboratórios Dasa e DB Molecular, indicou que quase a totalidade dos casos da Covid-19 no Brasil são da variante ômicron. Realizado entre 2 e 8 de janeiro deste ano, o levantamento mostra que foi constatada a cepa em 98,7% das amostras.

O estudo coletou e analisou 8.121 amostras no período, entre as quais 3.171 das 3.212 de SARS-CoV-2 tinham indicação de infecção pela ômicron. Na pesquisa anterior divulgada pelo instituto no dia 6 de janeiro, a porcentagem verificada da variante estava em 92,6%, ou seja, mais de 6% menor do que a última. Antes, em 21 e 29 de dezembro do ano passado, esta taxa estava em, respectivamente 9% e 31,7%.

De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, publicado nesta terça-feira (11), há 425 casos confirmados de ômicron no Brasil e outros 838 em análise.

POLITICA

Anvisa confirma novo caso do superfungo Candida auris

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que foi notificada sobre a terceira infecção pelo fungo Candida auris. O caso foi diagnosticado em um hospital da cidade do Recife, em Pernambuco. O fungo foi identificado por análise do laboratório central Gonçalo Moniz, da Bahia.

Segundo a Anvisa, foram adotadas ações pelas autoridades de saúde para prevenção e combate à disseminação do organismo, como protocolos de segurança no hospital onde estava internado o paciente infectado.

A Coordenação Estadual de Prevenção e Controle de Infecção de Pernambuco realizou uma visita técnica ao hospital e conforme a Anvisa está monitorando o caso e as ações para controle de novas infecções.

Candida Auris – O organismo é chamado de superfungo pela resistência que possui a antibióticos e outras formas de tratamento. De acordo com a Anvisa, o fungo também permanece no ambiente por longos períodos, que podem chegar a meses, e resiste a diversos tipos de desinfetantes.

Por essas razões, casos de infecções pelo fungo trazem risco de surto e demandam monitoramento e medidas de prevenção e controle para impedir a disseminação em outros pacientes.

Conforme nota de alerta da agência, o Candida auris “pode causar infecção na corrente sanguínea e outras infecções invasivas, podendo ser fatal, principalmente em pacientes imunodeprimidos ou com comorbidades.”

O primeiro caso foi registrado em dezembro de 2020, da Bahia. Após ser notificada, a Anvisa emitiu uma nota de alerta destacando que o fungo significa uma ameaça à saúde global.