29 de agosto de 2018 às 15:42

Secretaria Municipal de Saúde inicia castração de animais de ONGs e de rua

Clínica veterinária da cidade é responsável pela realização do procedimento de esterilização

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do serviço de Controle de Zoonoses iniciou na última segunda-feira (27), as castrações dos cães e gatos. O objetivo desta iniciativa é promover o controle da população de cães e gatos, como ficou estabelecido no Edital de Chamada Pública nº 009/2017.

Inicialmente, o serviço de castração é destinado ao controle populacional de animais que vivem sob os cuidados das ONGs municipais, legalmente instituídas, e animais errantes que vivem nas ruas da cidade. O assunto já havia sido pauta de uma reunião que aconteceu no mês de junho com a diretoria da Vigilância em Saúde, o Serviço de Controle de Zoonoses, representantes das ONGs e os Protetores de Animais.

Através da chamada publica, foi firmado contrato com uma clínica veterinária da cidade para a realização do procedimento de esterilização. O atendimento pela clínica contratada é realizado mediante cadastro prévio, realizado no Setor de Controle de Zoonoses na Secretaria Municipal de Saúde.

“O cadastro é realizado todas as terças-feiras, pelo turno da manhã, sendo necessário RG, CPF, comprovante de residência atualizado do responsável da ONG e CNPJ, comprovante de residência atualizado e estatuto social da ONG, além de informações referentes aos animais como nome, cor, sexo, peso e idade. De posse do termo, o responsável pela ONG pode fazer o agendamento diretamente na clínica veterinária”, explicou o veterinário responsável pelo Serviço de Controle de Zoonoses, Dr. Luís Cláudio Moura.



Deixe seu Comentário