14 de março de 2019 às 13:04

Prefeitura oferece curso para jovens interessados em abrir o próprio negócio

Curso é voltado para jovens de 15 a 29 anos

A Coordenação Municipal da Juventude vai ofertar aulas de ensino à distância (EAD) voltado aos jovens entre 15 e 29 anos de idade que sonham em mudar de vida por meio do empreendedorismo, abrindo seu próprio negócio. A iniciativa é da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), por meio do Inova Jovem, e do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Serão ofertadas 30 vagas para o curso. Os interessados podem fazer suas inscrições nos dias 20, 21 e 22 de Março, das 14h as 17h30, na Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente, localizada na Praça Tancredo Neves, 116. Para se inscrever, o candidato deve apresentar RG e comprovante de residência.

O curso online faz parte do Inova Jovem – uma importante ação dentro do Plano Juventude Viva que tem como objetivo criar oportunidades de inclusão social e de autonomia para os jovens. A metodologia que será usada é a By Necessity. Uma forma de ensino que alia a teoria com a prática e, na carga horária proposta, desenvolve, junto do aluno, um plano de negócios com total viabilidade técnica e financeira – baseado em sua realidade e necessidade.

Da criação da marca do negócio, o acompanhamento financeiro, a compra de insumos, os recursos humanos, a divulgação ao controle de caixa de qualquer produto ou serviço é entregue ao aluno. Além de um período de incubação dos novos negócios com auxílio nas áreas deficitárias. Além das videoaulas, os alunos contarão com módulo para auxiliar a aprendizagem.

“Esse projeto foi lançado no intuito de ajudar a reduzir a vulnerabilidade dos jovens que não têm acesso ao trabalho formal. Ele vai ajudar ao jovem desenvolver seu talento, gerar renda e administrar seu próprio negócio”, comentou a coordenadora municipal da Juventude, Melry Rocha Amaral.

Qualquer dúvida pode ser esclarecida diretamente na Coordenação da Juventude que fica situada no Centro Integrado de Direitos Humanos – Praça Tancredo Neves nº 1.



Deixe seu Comentário