24 de novembro de 2017 às 15:34

Prefeitura lança Serviço de Controle de Zoonoses em Vitória da Conquista

Prefeito Herzem Gusmão participou do lançamento

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na noite desta quinta-feira, 23, o ato de lançamento do Serviço de Controle de Zoonoses do Município de Vitória da Conquista. Durante a solenidade, que aconteceu na Câmara de Vereadores, foi realizada também a cerimônia de posse do responsável técnico pelo Serviço, o médico veterinário Luis Cláudio Oliveira Moura.

A preocupação com a causa animal e a criação de um Centro de Controle de Zoonoses são antigas reivindicações da comunidade. O vereador Sidney Oliveira, um dos principais incentivadores da criação do Serviço, explicou que esta é uma iniciativa da administração municipal que antecede a criação do Centro de Controle de Zoonoses. Ele afirma: “Estamos realizando o início de um sonho. Em 177 anos da história de Vitória da Conquista, este é o primeiro órgão criado para cuidar da causa animal”.

Plenário Carmem Lúcia ficou lotado

Representando a secretária municipal de Saúde, a diretora da Vigilância à Saúde, Ramona Cerqueira, ressaltou a importância da criação do Centro de Controle de Zoonoses, levando em consideração a influência da saúde dos animais para o bem-estar humano. Segundo ela, “este é um marco da nossa cidade, que tem à frente um profissional veterinário capacitado, pronto para desenvolver ações neste ano de 2017 e planejar outras para 2018”.

Também presente na solenidade, o deputado estadual José de Arimateia elogiou a preocupação do prefeito Herzem Gusmão com a saúde da comunidade. “Quando o prefeito da cidade, em seu primeiro mandato, cria uma coordenação como a SCZ ele está realmente preocupado com uma uma saúde de qualidade na cidade”, afirmou o deputado.

O médico veterinário Luis Cláudio Moura, responsável técnico pelo projeto, afirma: “a função de um serviço técnico de Vigilância de Zoonoses vai muito além do que muitos pensam. Não cuidamos apenas de animais, e sim das doenças que eles podem transmitir para os seres humanos”. Luis Cláudio Moura ainda elogiou o esforço da administração municipal: “Sei do empenho da secretária Ceres Almeida e do prefeito Herzem Gusmão para que isso se tornasse realidade”.

A construção do Centro de Controle de Zoonoses é uma reivindicação antiga do município. No entanto, como lembrou a deputada Tia Eron, somente na atual gestão providências tem sido tomadas. Ela ressaltou que o Centro não foi construído por falta de compromisso dos gestores anteriores: “Enviamos um milhão de Reais. Eles perderam meio milhão em um primeiro momento. Assinaram um atestado de incompetência”. Sobre a administração atual, Tia Eron afirmou: “O atual grupo político teve o cuidado de perceber que o cuidado com as zoonoses é o cuidado com o outro. É aquilo que estabelece a boa convivência de tratamento entre a causa animal e humana sob o ponto de vista da prevenção”.

Vitória da Conquista é a única cidade brasileira com mais de 200 mil habitantes que não possui um Centro de Controle de Zoonoses, como bem lembrou o prefeito Herzem Gusmão: “Até hoje, nada havia sido feito no município em relação ao controle da população animal”. Além da criação do Serviço de Controle de Zoonoses, Herzem Gusmão anunciou, ainda, a publicação de um edital para que clínicas veterinárias particulares possam realizar a esterilização de animais de rua e/ou acolhidos por ONGs.



Deixe seu Comentário