21 de julho de 2017 às 21:55

Operação Tapa-Buraco avança na recuperação de vias em Vitória da Conquista

A operação seguirá atendendo aos principais corredores de ônibus e vias com maior tráfego de trânsito

Nesta sexta-feira, 21, a Operação Tapa-Buraco da Prefeitura Municipal esteve trabalhando em diversos pontos da cidade. Com a estiagem registrada nos últimos dias, está sendo possível a utilização do asfalto quente, que não pode ser usinado em períodos chuvosos.

Com três equipes na rua, foi possível atender a trechos emergenciais das avenidas Bartolomeu de Gusmão, Rosa Cruz, Alagoas e Maranhão, além de áreas dos bairros Alto Maron e Ibirapuera.

A operação seguirá atendendo aos principais corredores de ônibus e vias com maior tráfego de trânsito, a exemplo das avenidas Juracy Magalhães, Olívia Flores, Brasil, Brasília, Paraná e Santa Catarina.

Nas últimas duas semanas, período que registrou chuva constante em Vitória da Conquista, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana vinha utilizando asfalto frio na operação. Nesse tempo, foram beneficiados os bairros Candeias, Centro, Brasil, Ibirapuera e a Avenida Brumado.

Além disso, nas vias que apresentavam buracos mais profundos, foi utilizado cascalho como uma medida emergencial para evitar acidentes e permitir a fluidez do trânsito. Em seguida, nesses locais, também será aplicado o asfalto.

Os mutirões de limpeza da Secretaria Municipal de Serviços Públicos também continuam nas ruas, garantindo a higienização dos detritos trazidos pela chuva e mantendo a rotina de limpeza da cidade. Atualmente, as equipes estão concentradas nos bairros Patagônia e Cidade Maravilhosa e nas avenidas Paraná e Integração.

Recapeamento – A Secretaria de Mobilidade Urbana também está prevendo o recapeamento asfáltico para recuperação da Avenida Amazonas. Além disso, está sendo desenvolvido um projeto de drenagem para as avenidas Bartolomeu de Gusmão, Olívia Flores e Filipinas. Após cumprida essa etapa, também será feito o recapeamento asfáltico para a inteira recuperação dessas vias.



Deixe seu Comentário