10 de maio de 2018 às 2:30

Dois crimes em 48 horas contra trabalhadores rurais chocam população conquistense

Irisvaldo pode ter sido vítima de latrocínio

Em apenas 48 horas, dois trabalhadores foram assassinados na zona rural de Vitória da Conquista. Na tarde desta quarta-feira (09), o comerciante Irisvaldo Lira Santos, de 62 anos, foi assassinado a tiros no distrito de José Gonçalves. A polícia acredita que ele foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). O corpo será velado no Povoado de Vereda.

Na última segunda-feira (07), um homem foi encontrado morto a golpes de enxada e um tiro no peito numa propriedade do distrito de Iguá. Ao lado do corpo da vítima estava uma enxada, que teria sido utilizada no crime. Jeremias José de Almeida, conhecido como Lúcio, tinha 68 anos. A 92ª Companhia Independente de Polícia Militar registrou a ocorrência, mas ninguém foi preso.

Os dois crimes chocaram a população conquistense, pois, além de trabalhadores, as vítimas eram muito queridas na região.  Na sessão da Câmara Municipal desta quarta-feira (09), o vereador Luciano Gomes (PR) pediu agilidade da Polícia Civil nas investigações para prender os autores, pois a criminalidade preocupa os trabalhadores rurais.

 



Deixe seu Comentário