24 de agosto de 2017 às 18:22

Comunidade da Limeira apresenta demandas em reunião do Conselho Municipal de Saúde

Reunião aconteceu num pequeno espaço da própria Unidade de Saúde

Durante uma reunião do Conselho Municipal de Saúde da Limeira, realizada na tarde da última quarta-feira(23), a comunidade apresentou uma série de demandas nas mais diversas áreas. Uma delas foi a situação das estradas vicinais do Distrito de Cabeceira do Jiboia, a exemplo  de Periquito, Boa Vista, Riachinho, Lajedinho e Corredor do Bonito, que estão intransitáveis. Segundo os moradores, as péssimas condições de tráfego das estradas não justificam o aumento de 14% nas passagens do transporte da zona rural, concedido pelo prefeito Herzem Gusmão. “Tem dia que a gente não tem transporte, o ônibus não passa por causa dos atoleiros, uma situação desconfortável, nossas estradas estão acabadas”, disseram.

As péssimas condições do posto de saúde também foram questionadas pelos moradores. Presidente do Conselho, Josiane Borges disse que as paredes da unidade estão molhadas, emboloradas, o forro de algumas salas está caindo e que as salas são tão pequenas que mal cabem um atendente e o paciente. “A unidade está funcionando porque temos uma equipe comprometida com o atendimento à população, mas a infraestrutura é inadequada”, afirmou, acrescentando que a comunidade teve uma ótima oportunidade de apresentar essas demandas ao prefeito Herzem Gusmão, durante uma reunião na Limeira com a presença do gestor, porém as pessoas não abordaram o assunto.

Ainda, conforme a presidente, a cadeira odontológica está quebrada há cerca de 18 meses, impedindo que a dentista faça o trabalho dela. “Ela é uma ótima profissional, não falta sem motivo, está à disposição e não pode trabalhar porque não tem cadeira”, explicou.

Com relação às queixas sobre o horário de abertura do posto e dificuldades na marcação dos exames, a enfermeira Ernanda Alves dos Santos, que é a supervisora da Unidade de Saúde, esclareceu que o atraso se dá porque antes de se deslocar ao posto ela precisa passar na Secretaria de Saúde para buscar o material de consumo, a exemplo das vacinas, água, medicamentos, exames já marcados, entre outros, para só depois dirigir-se para a Limeira. “Esse material  vem todo de Conquista, nós não temos aqui local para manter as vacinas refrigeradas, nós cuidamos do bem estar da comunidade, por isso é que às vezes chegamos um pouco mais tarde, porém daqui não sai ninguém sem atendimento, a não ser que seja uma situação que esteja além das nossas possibilidades, ainda assim fazemos o devido encaminhamento”, disse.

Quanto aos exames, Ernanda esclareceu que existe muita demanda nesse sentido e que todas as solicitações são encaminhadas à Central de Marcação, mas que alguns exames são devolvidos por falta de vaga. “É uma situação complicada e eu gostaria de ter a solução, a gente vai lá, encaminha os casos mais urgentes, pede, apela, só que às vezes é apenas um profissional de algumas especialidades para atender o município inteiro, como neuropediatra, por exemplo, infelizmente, para isso, não temos a solução, é algo que está acima de nós”, esclareceu, tecendo elogios à equipe de saúde da unidade, principalmente ao médico, Dr. Anselmo, que tem se esforçado para atender toda a comunidade.

Durante a reunião, alguns moradores apresentaram demandas de exames que estão há mais de ano no posto aguardando a marcação. Márcia Santos de Jesus relatou o drama do filho de quatro anos, Samuel, que necessita de consulta com um neuropediatra. Na mesma situação está a senhora Neide, cujo filho aguarda uma cirurgia de fimose há mais de ano. “O canal da urina está fechando, ele sente dores ao fazer xixi, não sei mais o que fazer”, lamentou.

Vereador Luciano Gomes participou da reunião

Morador da região, o vereador Luciano Gomes também esteve presente. De acordo com ele, a situação é realmente complicada e ele já apresentou todas essas demandas ao prefeito Herzem Gusmão, inclusive fez indicação solicitando a reforma do Posto de Saúde. Disse ainda que não acredita que a reforma aconteça este ano, mas prometeu que seu mandato colocará Emenda  Impositiva para que a reforma aconteça em 2018 nas Unidades de Saúde da Limeira e de Boa Vista. “É um compromisso que faço com vocês, o nosso mandato colocará as emendas e vamos cobrar do prefeito a execução delas, da mesma forma que tenho cobrado as demais, porque sou o único vereador que coloca emenda para execução de obras na Limeira”, afirmou.

Com relação às estradas, o vereador disse que vem cobrando do prefeito desde o início do ano e que o próprio Herzem Gusmão se comprometeu com ele a mandar fazer o patrolamento e encascalhamento quando o clima melhorasse. “Quando a temperatura melhorou, liguei pra ele e pedi que mandasse as máquinas, conforme tínhamos conversado, o que infelizmente não ocorreu. Tenho feito a minha parte que é cobrar, só que nem tudo depende de nós”, finalizou.



Deixe seu Comentário