6 de novembro de 2018 às 18:23

Chuva causa estrago em Condeúba e afeta mais de 3 mil moradores

As chuvas atingiram os povoados do Riacho Seco, Canabrava, Olho D’água e Fazenda Baixão do Nena — Foto: Paulo Luz/Arquivo Pessoal

Ao menos 3.100 pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas que caíram na cidade de Condeúba, desde o último dia 29 de outubro. A Prefeitura da cidade decretou situação de emergência na segunda-feira (5).

De acordo com a prefeitura da cidade, as chuvas atingiram os povoados do Riacho Seco, Canabrava, Olho D’água e Fazenda Baixão do Nena (Zona Rural do município). Ainda segundo a prefeitura, sete pessoas ficam feridas e 50 estão desalojadas.

Com a chuva, instalações públicas, barragens, estradas rurais, acessos vicinais foram danificados, além da suspensão. O prefeito Silvan Baleeiro de Sousa esteve nos locais afetados no dia 30 de outubro e, diante dos prejuízos, acionou a Superintendência Estadual de Proteção e Defesa Civil- (Sudec-BA) para analisar a situação.

Paulo Luz, superintendente estadual, esteve no local e confirmou que, ao menos, foram contabilizados 200 mm de chuva em cinco horas no dia 29 de outubro.

Ainda segundo o superintendente, com o rompimento das barragens, muita lama foi levada para a casa dos moradores. Na tarde desta terça-feira (6), o prefeito de Condéuba vai se reunir com a equipe da Defesa Civil para organizar medidas e ações para atuação. //G1 Bahia



Deixe seu Comentário