12 de maio de 2014 às 19:46

Brechó é opção para quem quer gastar pouco

Por Bia Oliveira

Fotos: Gabriel Oliveira

Fotos: Gabriel Oliveira

A prática de comprar produtos usados por preços mais acessíveis é antiga, mas ainda persiste nos dias atuais, mesmo com uma gama imensa de lojas, produtos e opções de pagamento que o mercado oferece. Ainda assim, há quem aprecie o comércio de usados, tanto de móveis e veículos, como de roupas e calçados. A clientela alega a vantagem de se pagar bem mais barato por artigos caros e de qualidade que, muitas vezes, são inacessíveis ao bolso do consumidor.

Vitória da Conquista, terceira maior cidade da Bahia, é considerada uma cidade onde as pessoas se vestem muito bem. Um exemplo são os períodos festivos, como São João, Festival de Inverno e Natal, em que a população se apresenta vestida de acordo com cada período, movimentando o comércio conquistense. Acontece que nem todas as pessoas pagam valores exorbitantes pelas roupas e calçados, muitas recorrem aos brechós para aliar preço bom, qualidade e garantir a boa aparência. A funcionária pública Marina Dias Assunção é das que recorre, sem culpa, aos brechós. “Compro sem nenhum preconceito, uso numa boa e ainda recomendo. Tenho várias calças lindas que comprei por R$ 25,00, na loja chega a mais de R$ 200,00. São calças Lacoste, Hollister, Calvin Klein, Biotipo, Ellus e Levis, entre outras”, disse.

Peças das mais variadas estão disponíveis na loja

Peças das mais variadas estão disponíveis na loja

Com o desenvolvimento econômico e social de Conquista, os brechós se popularizavam. Hoje, as lojas de usados são encontradas em todos os bairros da cidade, inclusive no centro comercial. Marilene Santos de Souza tem uma loja de roupas e calçados usados na Rua Coronel Gugé, próxima à Câmara Municipal, e a cada dia ganha mais clientes. Já são sete anos trabalhando nessa atividade. “Eu trabalhava em casa e minha clientela me aconselhou a colocar uma loja fora, fiz isso e estou muito feliz com o resultado”, afirmou.

A comerciante vende roupas, calçados, bolsas, cintos e bijuterias, novos e usados, de várias marcas. Um vestido de festa, por exemplo, pode ser adquirido por até R$ 80,00, enquanto novo, nas lojas, pode chegar a R$ 400,00 ou mais. “Eu compro por um preço acessível e revendo por um preço bem legal, meu lucro é pequeno, mas considero satisfatório”, salientou.

Uma de suas clientes, Luzineide Almeida Santos diz que desde 2005, quando morava em São Paulo, aprendeu a comprar em brechó. “Mobiliei minha casa toda e só ando no salto, visto roupa de marca, tudo adquirido nos brechós”, disse.

Outra que também consome na loja é Rose Maria. Ela afirmou que foi madrinha de casamento com roupa que comprou no brechó. “Fui comprar um vestido e estava caríssimo, fui alugar e o valor era de R$ 180,00, vim aqui e encontrei algo satisfatório em qualidade, beleza e preço”, concluiu.



9 comentarios

  • Ana Magalhães disse:

    Muito boa sua matéria sobre Brechó!!!

    Acredito que ainda não conhece o Espaço Bebê Brechó Infantil Chic. Localizado no Bairro candeias, pioneiro no segmento infantil. São 8 anos de sucesso!!!
    Venha nos conhecer!!!

    Fica o convite!!!

    Nosso enderenço: Av. Brasil com Braulino Santo,734 Candeias – Vitória da Conquista.
    Fone: (77)3425-1156

    Atenciosamente,

    Ana Magalhães.

  • Stefane disse:

    onde fica este brechó da matéria?

    • Bia Oliveira disse:

      Olá Stefane! O brechó da matéria fica na Rua Coronel Gugé, Centro da cidade. Fica logo acima da Câmara Municipal de Vitória da Conquista. Mas tem um outro no BNH, Bairro Candeias, na Rua Alziro Prates, 23. O telefone de lá é (77) 3421-4418. E tem também o Ana Magalhães, no segmento infantil, que fica na Av. Brasil com Braulino Santo,734 Candeias.
      Fone: (77)3425-1156

  • Veraff disse:

    Bia,
    Gostaria que me enviasse, endereços onde posso comprar roupas e calçados (produtos usados) para eu vender no meu Brechó.
    Desde já,
    Muito obrigada.

    • Bia Oliveira disse:

      Prazer falar contigo Vera! Não sei te dizer onde você pode comprar roupas usadas para o seu brechó, mas a minha entrevistada me disse que compra em São Paulo, e a outra compra aqui em Conquista mesmo, as pessoas a procuram na loja. Mas sugiro a você que monte um grupo no whatsapp, e divulgue o seu trabalho. Com isso, as pessoas vão te procurar para oferecer o material. Tem gente que vende roupa nova, porque compra e não gosta, outras porque compram demais e querem ‘desafogar’ o guarda-roupa, enfim, os motivos são os mais diversos.

  • cristina disse:

    estou vendendo roupas para brechó, interessados favor entrar em contato (77)8808 6644.

  • Neide disse:

    Gostaria de saber se continua no mesmo endereço e as peças variam de quanto? Edtou tentando começar um brecho pois estou desempregada. Agradeço

Deixe seu Comentário