2 de agosto de 2018 às 21:10

Trans que esfaqueou e arrancou prótese de rival se apresenta à polícia

Wiliam Gomes, conhecido no mundo trans como “Priscila”, é apontado como autor da tentativa de homicídio contra a transexual “Talita”

Wiliam Gomes Silva, conhecida no mundo trans como “Priscila”, apontada como autora da tentativa de homicídio contra a transexual “Talita”, fato ocorrido no sábado (28), se apresentou na Delegacia de Homicídios, em Vitória da Conquista. A suspeita chegou acompanhada de advogado. Como não foi flagrante, ela foi ouvida e liberada.

A suspeita alegou que agrediu “Talita” e arrancou a sua prótese mamária durante vias de fato. Ele afirmou que se defendeu. A versão é contestada pela vítima e testemunhas.

Além da acusada, a PC já ouviu a vítima e outros envolvidos.

“Priscila” é apontada, pelas transexuais amigas da vítima, como sendo a cafetina da área. Em sites privês, a suspeita denomina-se como a “a cavala – a boneca mais safada”.

A agressão teria sido resultado da cobrança do aluguel dos pontos de prostituição. Mesmo sendo via pública, “Priscila” teria se apropriado dos locais e exigido o pagamento para que as trans ficassem nos locais. //Blog do Leo Santos



Deixe seu Comentário