28 de outubro de 2018 às 23:12

Segundo TSE, 1.956 urnas foram substituídas no País e 35 pessoas foram presas

São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os Estados que tiveram mais urnas trocadas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que até meio-dia, 35 pessoas foram presas no País em ocorrências relacionadas às eleições, 1.956 urnas tiveram de ser substituídas, mas em nenhum lugar houve necessidade de votação manual.

São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os Estados que tiveram mais urnas trocadas. Foram 177 no primeiro, 123 no segundo e 94 no terceiro. As informações são preliminares e os números definitivos só serão contabilizados ao final da eleição.

Outras 46 pessoas se envolveram em ocorrências eleitorais, mas não chegaram a ser presas.

O número de urnas trocadas no início da votação deste domingo é maior do que o número registrado até o mesmo horário no primeiro turno, quando 310 urnas haviam sido trocadas. De acordo com técnicos do tribunal, essa diferença pode ter acontecido por demora na comunicação entre as seções eleitorais e o TSE. //A Tarde



Deixe seu Comentário