7 de agosto de 2018 às 19:44

Seca e enxurradas afetam municípios na Bahia

Vários municípios já recorreram à Defesa Civil para tentar amenizar os transtornos provocados pela seca

Um total de 182 municípios baianos está em situação de emergência reconhecida pelo governo do estado por causa da seca, e cinco por motivo de enxurradas. No final da semana passada o Diário Oficial do Estado trouxe notícia que pode amenizar a situação difícil enfrentada pelas cidades de Planaltino, no centro-sul, e Itabuna, no sul do estado, que também passaram a integrar a lista de cidades baianas nesta complicada realidade.

No município de Planaltino, a falta de chuvas afeta as atividades econômicas, e quem sofre, sobretudo, é a população rural, que precisa ser abastecida com carros-pipa. Já em Itabuna, as enchentes atingem a economia e a população da região. Casas inundadas e apresentando rachaduras deixam famílias desabrigadas. E o pior, as prefeituras já não dispõem de recursos financeiros para amenizar os efeitos da estiagem e das enchentes.

Validade – Os decretos de homologação do governo do estado valem pelo prazo de 180 dias, sendo que os efeitos são retroativos às datas dos respectivos decretos municipais.  No caso da cidade de Planaltino, é retroativo a 9 de julho deste ano, e o de Itabuna, a 21 de junho. //A Tarde

 



Deixe seu Comentário