26 de outubro de 2017 às 19:29

PF abre inquérito para apurar suspeitas de fraude em concurso da Ufba e fará policiamento no dia das provas

Campus da Ufba, em Ondina/Salvador

A Polícia Federal na Bahia divulgou, na tarde desta quinta-feira (26), que já foi instaurado inquérito policial para apuração das suspeitas de fraude envolvendo o concurso da Universidade Federal da Bahia (Ufba). Ainda conforme a PF, o órgão já está de posse de todas as informações solicitadas e repassadas pela Polícia Civil da Paraíba, responsável pela operação de onde partiram as suspeitas.

No dia do concurso, que está mantido para o domingo (29), a PF manterá policiais nos locais de prova visando coibir a ocorrência de fraudes.

As apurações no estado começaram depois que Universidade Federal da Bahia pediu à PF que investigasse uma informação que vem circulando nos últimos meses sobre uma suposta tentativa de fraude ao concurso com 264 vagas e salários de até R$ 8,3 mil que tem como finalidade contratar servidores técnico-administrativo.

Uma organização criminosa suspeita de fraudar mais de 100 concursos no país, e que está sendo investigada desde março pela polícia da Paraíba, teria a prova da Ufba como alvo. Em dez anos de atuação, o grupo já teria causado prejuízo de mais de R$ 21 milhões.

A suspeita com relação à prova da Ufba surgiu depois de a polícia encontrar mensagens trocadas entre membros da organização em uma rede social. Conforme a investigação, desde maio, o grupo já estaria negociando vagas no concurso da Ufba. Ao menos 30 candidatos seriam beneficiados e pagariam mais de R$ 80 mil pelo gabarito da prova. // G1 Bahia



Deixe seu Comentário