5 de março de 2018 às 19:08

Homem morre atropelado e companheira comemora com música e cerveja

Joélia alegou que era espancada pelo marido

Um fato inusitado que aconteceu em Santo Antônio de Jesus e chamou a atenção da reportagem do Voz da Bahia neste domingo (4). Uma senhora moradora do bairro Alto Santo Antônio fez uma festa depois que seu marido morreu após um atropelamento. Acredite se quiser! Ela deu uma festa para comemorar a morte de seu companheiro. O motivo: Joélia dos Santos Souza, 47 anos, explicou que era agredida fisicamente pelo seu companheiro e a morte dele causou alegria para ela, que se sentiu livre das agressões.

“Eu fiz uma festa porque quando ele era vivo, ele me batia muito. Eu comprei uma caixa de cerveja, com o som alto e fiz uma festa na minha casa”, disse. Na festa de dona Joélia, ela confirmou que tocou todos os ritmos, principalmente a lambada. Ela é mãe e garantiu estar muito feliz hoje por não apanhar mais. “Eu tenho filhos e sete netos”, completou. // Blog do Rodrigo Ferraz



Deixe seu Comentário