20 de julho de 2018 às 14:34

Governo do Estado anuncia ampliação da UTI pediátrica e urbanização do HGVC

Secretário de Saúde Fábio Vilas Boas

 Em visita às obras da Policlínica Regional de Saúde de Vitória da Conquista, na tarde desta quinta-feira (19), o secretário estadual de saúde, Fábio Vilas Boas, aproveitou para anunciar o início nas obras de ampliação da UTI Pediátrica do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC). O número de leitos passará de cinco para dez.

Também será realizada a requalificação e urbanização do complexo hospitalar. As obras terão investimento em torno de R$ 3,2 milhões e a expectativa é que sejam concluídas em até 90 dias.

Nos últimos dois anos, o Governo do Estado investiu mais de R$ 35 milhões na área da saúde no município de Vitória da Conquista, com destaque para a construção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA), o Centro de Bioimagem, com tomógrafo e ressonância de última geração, a nova emergência do HGVC e vinte novos leitos de UTI adulto.

Com área total de 1.248 metros quadrados, a nova emergência do HGVC conta com 39 novos leitos e sala para atendimento de pacientes com Infarto Agudo do Miocárdio. A unidade possui ainda salas coletivas de observação pediátrica, masculina e feminina; quarto de isolamento adulto, três salas de sutura e curativos, uma sala de gesso e redução de fraturas, uma sala para a aplicação de medicamentos, quatro consultórios, além de um novo posto policial.

O Governo do Estado ainda está construindo uma Policlínica Regional de Saúde, cujo investimento entre obras e equipamentos alcança R$ 24 milhões. A obra está com mais de 20% e a conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2019.

A policlínica contará com salas de atendimento ambulatorial, apoio diagnóstico e terapia (raio-x, ultrassonografia, tomografia, mamografia, ressonância magnética, endoscopia, ergometria, eletrocardiograma, ecocardiograma, eletroencefalograma), sala para tratamento de diabéticos e coletas laboratoriais, além de uma sala para procedimentos ambulatoriais, apoio técnico e logístico.

A unidade atenderá a demanda de 648 mil baianos das cidades de Vitória da Conquista, Anagé, Barra Da Choça, Belo Campo, Bom Jesus Da Serra, Caatiba, Caetanos, Cândido Sales, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Encruzilhada, Ibicuí, Iguaí Itambé, Itapetinga, Itarantim, Macarani, Maetinga, Maiquinique, Mirante, Nova Canaã, Piripá, Planalto, Poções, Presidente Jânio Quadros, Ribeira Do Largo e Tremedal.



Deixe seu Comentário