20 de maio de 2019 às 18:16

Governo admite apoiar texto alternativo para Previdência só se impacto fiscal for mantido, diz secretário

BRASÍLIA — O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse nesta segunda-feira que o governo pode apoiar as alterações feitas pelo Congresso Nacional na reforma da Previdência, caso o texto alternativo preserve o impacto fiscal e as linhas mestras do projeto enviado pelo Executivo.

— Se o relatório for na linha que nós acreditamos, evidente que haverá apoio do governo. Nos interessa o impacto fiscal e a preservação da linha mestra do projeto que foi enviado ao parlamento. Vamos aguardar — disse Marinho, ao chegar para uma reunião no Ministério da Economia.



Deixe seu Comentário