8 de abril de 2014 às 15:15

Entrevista: Presidente do PT fala sobre Cori e Zé Raimundo, desafios do mandato, processo contra Guilherme e outros assuntos

POR GABRIEL OLIVEIRA

Rudival Maturano. Foto: Gabriel Oliveira

Rudival Maturano. Foto: Gabriel Oliveira

Rudival Maturano, coordenador municipal da juventude, assumiu a presidência do PT há quatro meses e, segundo ele, já enfrenta grandes desafios. Em conversa com nossa reportagem, Rudival comentou sobre as pré-candidaturas que despontam com mais força em Vitória da Conquista, os nomes do vereador Coriolano Moraes e do deputado José Raimundo Fontes, além dos desafios do seu mandato e das ações em prol da juventude. Confira a entrevista:

Gabriel Oliveira: Rudival, esse curto período em que você está à frente do PT municipal, como você próprio já disse em outras oportunidades, está sendo marcado por grandes desafios. Nesse período eleitoral, duas candidaturas despontam, em Vitória da Conquista, com os nomes mais fortes à disputa a uma cadeira na Assembleia Legislativa do estado. Como você vê essa questão e, em sua opinião, Conquista tem porte para eleger os dois?

Rudival Maturano: Vitória da Conquista emerge, no cenário nacional, como uma cidade petista, de mandatos e governos que estão revolucionando e mostrando uma nova forma de fazer política. Os analistas políticos do Partido dos Trabalhadores, principalmente no cenário nacional e estadual, acreditam que Vitória da Conquista tem a possibilidade de dar um passo muito maior no sentido de lançar candidaturas que venham ainda mais a fortalecer o partido. Aqui em Vitória da Conquista a gente percebe mais claramente duas pré-candidaturas fortes, que são de duas pessoas ligadas a educação e que têm um potencial muito forte de votos. Zé Raimundo, todas as vezes que foi candidato foi eleito, e o Coriolano Moraes, na sua primeira eleição, foi o candidato mais votado do partido, o que reflete uma possibilidade muito grande dos dois serem eleitos. Esses candidatos têm pela frente uma jornada difícil e terão que esquematizar uma campanha muito forte para atrair tanto os eleitores petistas quanto os indecisos em Conquista e em toda a região.

Gabriel Oliveira: Qual é o saldo que você faz destes quatro meses à frente do PT?

Rudival Maturano: A gente tem, com muita lucidez, visto que as ações têm sido muito boas desde a nossa posse, que contou com o apoio de diversas lideranças. Logo em seguida, no mês de fevereiro, já celebramos os 34 anos do partido, com uma grande cerimônia e também realizamos um grande evento na última semana, o Encontro Municipal de Mulheres Petistas, trazendo todas as mulheres para essa discussão contra o machismo e a opressão, e nós já fizemos um bate-papo de avaliação e debate com o professor Belarmino, justamente para relembrar essa questão da ditadura. A gente mostra claramente que a gestão tem ido bem e que o caminho é este, de formação, debate e diálogo. O grande desafio que a gente tem é a cobrança que está sendo feita por parte da militância do PT, que quer participar mais, então a gente pede um pouco de paciência destas pessoas pois estamos fazendo o recadastramento, sem contar que a gestão chegou agora e nós estamos tentando trazer a militância para perto e informá-los das ações do PT. O que complica o nosso lado é a dificuldade de contato com estas pessoas, mas estamos em busca de uma aproximação cada vez maior.

Gabriel Oliveira: E quais são os próximos eventos e as ações que o seu mandato tem preparado para o PT municipal?

Rudival Maturano: O PT tem coordenado o programa de governo participativo, que tem elaborado plataformas políticas para a próxima gestão, caso a gente ganhe com Rui Costa, e temos também a expectativa de fazer novas avaliações e encontros de formação política junto com Belarmino. O PT tem tentado, cada vez mais, entender essa discussão do plebiscito popular, juntamente com o Levante Popular da Juventude, e em maio ocorrerá um encontro com Rui Costa, onde se entregará demandas da região à organização da campanha, além do encontro nacional em junho.

Gabriel Oliveira: E como estão as ações em prol da juventude aliando seu mandato como presidente do PT e como coordenador da juventude?

Rudival Maturano: A coordenação está muito atuante. Estamos percebendo que o governo participativo do prefeito Guilherme tem feito um trabalho brilhante na questão da juventude. Nós participamos de uma reunião com a juventude algumas semanas atrás, e o prefeito fez questão de estar presente junto com integrantes do governo e de movimentos sociais, numa discussão sobre política e sobre essas ações, o que mostra que o gestor tem um olhar para a juventude, e nós estamos juntos, como coordenador municipal de juventude, nessa luta.

Gabriel Oliveira: Você assumiu o comando do PT num momento complicado, já que é um período eleitoral com disputas dentro do próprio partido, além de estar sendo movido contra o prefeito Guilherme Menezes, consequentemente contra o PT, um processo judicial que objetiva a parda do mandato. Como você vê essas questões?

Nós temos nos reunido em torno deste processo estamos estudando ferramentas para estarmos defendendo os nossos mandatos e o nosso principal líder que é Guilherme Menezes. O prefeito Guilherme é de uma conduta ilibada, um gestor que transformou Vitória da Conquista e fez uma revolução democrática neste território, o que causa constrangimento e raiva em pessoas que não querem ver o avanço desta cidade, ou então de pessoas que não tem capacidade para vencer, por si só, um processo eletivo e partem para este tipo de conduta. Nós temos uma equipe jurídica a serviço deste processo, e sabemos claramente que tudo acontecerá de forma tranquila, dentro dos trâmites legais, e estamos aqui de uma muito bem intencionada defendendo as nossas ações e o nosso governo.

Gabriel Oliveira: Existe possibilidade de Vitória da Conquista ver Rudival Maturando candidato em 2014 ou 2016?

Rudival Maturano: Essa conversa tem surgido em alguns cantos mas eu tenho focado na presidência do partido e na coordenação da juventude. Eu não me vejo ainda como candidato, apesar de algumas pessoas nos incentivarem. Eu tenho focado meus serviços na construção dos mandatos dos cinco vereadores daqui e do prefeito Guilherme, de forma atuante. Eu fico contente de ouvir esses incentivos porque isso mostra que temos credibilidade na cidade, dentro das diversas correntes.

Gabriel Oliveira: Gostaria de acrescentar algo?

Rudival Maturano: Somente agradecer ao Blog da Bia Oliveira na sua pessoa, Gabriel, este veículo que tem trazido a informação com qualidade a esta cidade, e saudar a todos os conquistenses convidando-os a estar conosco nessa caminhada.



Deixe seu Comentário