POLITICA

Empresário embriagado que atropelou e matou garotinha já está no presídio

Márcia Sthefani, 7 anos, foi atropelada por um motorista alcoolizado

O empresário Francisco Huan Gusmão da Silva, apontado como sendo o motorista causador do acidente que matou a garotinha Márcia Sthefani Santos Brito, 7 anos, já está no Conjunto Penal de Vitória da Conquista.

O acidente aconteceu na noite deste sábado (28), no km 11 do Anel Rodoviário . A criança aguardava na margem da pista, ao lado da mãe e do padrasto, para atravessar, quando foi atingida pelo veículo que trafegava em alta velocidade, informaram testemunhas. O carro capotou e parou a uma distância aproximada de 50 metros do local do impacto.

Francisco Huan foi atendido pelo Samu 192. Populares ainda agrediram o motorista, mas ele foi encaminhado ao hospital sob custódia da PRF – Polícia Rodoviária Federal. Depois de ser atendido na Upa – Unidade de Pronto Atendimento, onde ficou em observação por seis horas, ainda na madrugada, o condutor foi apresentado na delegacia do Disep e autuado em flagrante.

Logo depois do acidente, o motorista foi submetido ao teste do ‘bafômetro’, sendo confirmado o estado de embriaguez.

No início da manhã, o condutor foi transferido ao Conjunto Penal.

Acidente aconteceu no km 11 do Anel Rodoviário

A revolta

Além de tentar agredir o motorista que provocou o acidente que vitimou fatalmente a pequena Márcia Sthefani, populares colocaram fogo no veículo envolvido. A PRF interveio e extinguiu as chamas antes que consumissem o carro. Blitz Conquista.

A PM teve reforçar a segurança na UPA, algumas pessoas ameaçavam invadir a unidade para fazer justiça com as próprias mãos.

A família, ainda chocada com a tragédia, clama por Justiça e pede que o condutor permaneça preso.

Acidente é semelhante ao que vitimou Raíssa Alves,  18 anos, no dia 7 de setembro. Ela morreu atropelada na Av. Olívia Flores. Naquele dia, o motorista do veículo envolvido no acidente, o universitário Fernando Otávio Lemos Cardoso, de 20 anos, também estava alcoolizado. Assim como Francisco Huan, ele foi preso e encaminhado ao Conjunto Penal. Fernando permanece preso. //Blitz Conquista.