3 de maio de 2019 às 19:27

Ditado passa a ser cobrado pelo MEC em prova de alfabetização

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, também anunciou ontem (2) que a alfabetização será avaliada por meio de amostra este ano

A prova de alfabetização do MEC terá ditado pela primeira vez. A justificativa é que o método, que avalia se as crianças sabem escrever palavras soltas corretamente, irá funcionar como “aperfeiçoamento”. Até então, o exame contava com muitas questões de leitura de texto e observação de desenhos, mas poucas de escrita.

Muitos educadores acreditam que a alfabetização precisa estar atrelada ao contexto da criança para ser efetiva, e não focada em conhecimento mecânico, como o testado em ditados. A última avaliação do tipo mostrou que mais da metade das crianças não tinha o desempenho esperado em leitura e escrita, tendo dificuldade para escrever palavras como “porco”.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, também anunciou ontem (2) que a alfabetização será avaliada por meio de amostra este ano, o que já havia sido cancelado antes pelo ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez. Após repercussão negativa, o governo voltou atrás.



Deixe seu Comentário