31 de julho de 2018 às 1:59

Defesa Civil aponta que 3º piso da AL-BA foi completamente destruído

Relatório recomenda interdição de pavimentos, indica “perda total” e risco de queda no subsolo
Foto Divulgação: SSP

O terceiro piso da Assembleia Legislativa da Bahia foi “completamente destruído” após o incêndio ocorrido no último sábado (28), apontou a Defesa Civil de Salvador em relatório divulgado hoje (30).

O fogo teve início no último pavimento da Casa, onde funcionavam o Departamento de Recursos Humanos e Diretoria Financeira da AL-BA. Houve ainda perda total dos equipamentos na Procuradoria, Associação dos Ex-Deputados, Núcleo Jurídico Parlamentar e União dos Vereadores.

As chamas atingiram também o forro do primeiro subsolo, que está com infiltrações generalizadas, inclusive, com risco de queda, assim como os vidros da cobertura do plenário. Já o segundo subsolo apresenta infiltrações no forro de gesso devido à água jogada nas ações de combate. O térreo está com a cobertura de fibra de vidro totalmente danificada e o piso alagado. O primeiro e segundo pavimentos apenas necessitam que seja feita limpeza.

No entanto, segundo a Codesal, não houve “comprometimentos na estrutura da edificação”. O órgão recomendou que os pisos atingidos sejam interditados, inclusive a cobertura, até que os danos sejam recuperados.

De acordo com avaliação técnica dos engenheiros plantonistas, como as chamas causaram danos materiais, a estrutura “deverá ser avaliada por empresa especializada” posteriormente. //Tribuna da Bahia

 



Deixe seu Comentário