POLITICA

Damares Alves defende aumento da licença maternidade para um ano

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu que o Congresso amplie a licença maternidade remunerada, durante programa de entrevistas da Folha e do UOL. A legislação trabalhista estipula um afastamento de quatro meses, que pode chegar a seis por opção do empregador. Damares também quer a extensão da licença paternidade, atualmente de cinco dias.

Afirmou que não defende censura de imagem de beijo entre pessoas do mesmo sexo e estimou que a Comissão da Anistia deixe de receber requerimentos em até três anos.

metro1