21 de fevereiro de 2018 às 20:05

Conselho aprova suspensão do processo seletivo (Reda) na Uesb

Com a suspensão do Reda, Universidade terá que demitir funcionários

O Conselho Universitário da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) suspendeu o processo seletivo que estava marcado para acontecer via Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

O reitor da instituição, Paulo Roberto Pinto Santos, chegou a divulgar uma nota aberta fazendo um apelo para que o conselho não aprovasse a suspensão do processo.

“Por determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Ministério Público (MP), estamos suspendendo os contratos de prestação de serviço contínuo na Instituição, no dia 28 de fevereiro de 2018. Há tempos, os órgãos citados vêm reiterando essa solicitação. Para não causar interrupção nos serviços da Instituição, pela ausência desses colaboradores em setores como Creche, Uinfor, Surte e outros, venho solicitando, desde 2015, concurso público e seleção (Reda) específicos para a substituição desses prestadores.

É de conhecimento público que somente no dia 22 de dezembro de 2017 o Governo Estadual autorizou a seleção de 82 vagas de Reda, das 143 que vêm sendo solicitadas. Para agilizar a contratação de servidores e manter a regularidade dos serviços da Universidade, optamos pela seleção simplificada, processo legal mais rápido”, disse o reitor.

Com a suspensão, segundo funcionários prestadores de serviços da instituição, mais de 100 trabalhadores terão seus vínculos desligados da instituição sem reposição. // Blog do Rodrigo Ferraz



Deixe seu Comentário