24 de outubro de 2017 às 19:37

Com apoio da Prefeitura, Mostra Cinema Conquista retorna ao calendário cultural da cidade

Durante a programação, serão exibidos mais de 45 filmes, entre longas, médias e curtas metragens, além da realização de debates, conferências, oficinas e homenagens

Entre os dias 19 e 24 de novembro, será realizada a 12ª edição da Mostra Cinema Conquista – Um olhar para o novo cinema. Um dos mais importantes eventos do gênero no nordeste do país é um espaço de experimentação cinematográfica que democratiza o acesso à produção nacional e o debate sobre os mais diversos temas do cinema e do audiovisual.

A Mostra Cinema Conquista – Ano 12 é realizada pelo Governo da Bahia, Fundo de Cultura e Instituto Mandacaru de Inclusão Sociocultural e conta com apoio financeiro da Prefeitura de Vitória da Conquista.

Segundo o prefeito Herzem Gusmão, a Mostra Cinema Conquista é uma oportunidade para incentivar a atividade cultural, além da importância simbólica para a cidade. “Uma atividade como esta sempre fortalece a cultura e divulga Vitória da Conquista, que é a terra de Glauber Rocha. Então, a Prefeitura pode e deve estar inserida nesse contexto, fortalecendo este grande evento. Esperamos que a comunidade, que sempre responde bem a esses eventos culturais, seja mais uma vez receptiva e prestigie a ação conosco”, declarou o gestor.

Durante a programação, serão exibidos mais de 45 filmes, entre longas, médias e curtas metragens, além da realização de debates, conferências, oficinas e homenagens. Nesta edição, as exibições serão realizadas na Praça Guadalajara (Praça da Normal), no Teatro Glauber Rocha (Uesb), no Espaço Comunitário Seu Rosa, localizada no bairro Nova Cidade, e nas tendas itinerantes que percorrerão escolas municipais em diversos distritos da cidade.

A última edição da Mostra foi em 2015. Para Esmon Primo, coordenador geral da Mostra Cinema Conquista, é importante dar continuidade a este evento cultural. “Perder a continuidade resulta numa série de prejuízos, como o distanciamento do público, que acaba se desatualizando, por causa da produção muito grande que o nosso cinema está atualmente”, afirma.

Homenagens – Em todas as edições da Mostra, um cineasta é homenageado. Este ano, será a vez do cineasta baiano Tuna Espinheira. O tributo deve-se a sua inestimável contribuição com trabalhos deixados ao longo dos seus 44 anos dedicados ao cinema.

Nascido em Salvador, Espinheira passou parte de sua infância e início da adolescência na cidade de Poções e faleceu em 2015. Sua vida e obra serão retratadas por meio de uma exposição, assinada pelos artistas Vinícius Gil (Purki) e Carlos Rizério.

* Com informações da Ascom da Mostra Cinema Conquista



Deixe seu Comentário