13 de janeiro de 2018 às 18:52

Bandidos que mataram casal na Bahia são abusados sexualmente por presos

Bandidos torturaram e mataram o casal

Os suspeitos envolvidos no latrocínio do casal Juvenal Amaral Neto, de 57 anos, e Kelly Cristina Amaral, de 44, em Camaçari, foram abusados sexualmente por presos e obrigados a praticar sexo oral na delegacia em que estão detidos.

O acontecimento foi filmado por um detento e o vídeo começou a circular pelo WhatsApp nesta quinta-feira (11). Daniel Neves Santos Filho e Carlos Alberto Neres Júnior são acusados de terem invadido a casa das vítimas e, após não conseguirem os R$ 70 mil que pediram, estupraram a mulher e assassinaram o casal.

Os corpos de Juvenal e Kelly foram encontrados enterrados no quintal da casa nesta terça-feira (9) e o corpo da mulher apresentava sinais de mutilação.

A dupla vai responder por estupro, latrocínio, ocultação de cadáver, porte ilegal de arma e corrupção de menores por envolverem outros adolescentes no caso.

Os três adolescentes que já foram identificados estão à disposição da Justiça e vão responder por estupro e latrocínio. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmou a veracidade do vídeo e declarou que um inquérito já foi instaurado para apurar o dono do aparelho que filmou a cena. Daniel Neves Santos Filho e Carlos Alberto Neres Júnior tiveram prisão preventiva decretada e serão encaminhados para outra delegacia. Bahia Notícias.



Deixe seu Comentário