25 de novembro de 2017 às 19:32

Bahia é o 7º estado em aumento da população idosa com crescimento de quase 7% em um ano

População idosa tem aumento de quase 7% em um ano na Bahia, mais que a média nacional

O número de idosos na Bahia chegou a dois milhões e o estado já é o sétimo no país em aumento da população idosa, segundo aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram avaliados entre os anos de 2015 e 2016.

Conforme apontou a pesquisa, em um ano, o crescimento da população idosa na Bahia foi de 6,8%, índice maior que a média nacional, que foi de 3,7% . O contingente de pessoas de 60 anos ou mais no estado passou de 1,9 milhão, em 2015, para pouco mais de 2 milhões de pessoas em 2016. A expectativa é de chegar em três milhões em menos de 15 anos. No ano passado, a população da Bahia somava cerca de 15,3 milhões de pessoas.

Apesar do número de idosos crescer em ritmo maior que o resto da população na Bahia, o estudo do IBGE conclui que a quantidade de idosos na Bahia é menor que a média nacional, e faz uma projeção de que, em 2030, o estado terá quase três milhões de idosos.

Outros dados

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) do IBGE também trouxe aponta que o estado possui menos branco e mais negros. Enquanto no Brasil quase 45% das pessoas se declararam brancos no ano passado, na Bahia esse índice não chegou nem a 18% por cento, ou seja, de uma população de 15 milhões de pessoas, apenas 2,7 milhões se declararam brancas.

Na Bahia, a maioria se declarou parda. São quase 9,5 milhões de pessoas, mais da metade da população. Já os que se declararam negros, são 20% por cento, em torno de três milhões de pessoas em todo o estado. // G1 Bahia



Deixe seu Comentário