11 de junho de 2018 às 0:53

Semma promove Operação São João para fiscalizar origem de madeira para fogueiras em Vitória da Conquista

Objetivo da Semma é coibir o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas para essa finalidade

Como bem cantou Luiz Gonzaga, as fogueiras queimam em homenagem a São João. E as famílias conquistenses seguem a tradição junina. Para garantir a segurança da população durante este período e coibir o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas para essa finalidade, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) realiza, a partir da próxima semana, a Operação São João.

A comercialização de espécies nativas é ilegal. Além disso, madeira de origem plantada que recebeu tratamento químico também está proibida, já que esses produtos, quando em combustão, são altamente poluentes. “Por isso, recomendamos a utilização da madeira de floresta plantada, principalmente, eucalipto”, sugere o gerente de Fiscalização da Semma, Clédson Alves.

Ele ainda explica: “para comercialização de madeira, o vendedor precisa ter o documento de origem da madeira, que é a documentação de origem florestal ou registro de atividade”.

A comercialização de fogueiras com madeira ilegal é um crime ambiental previsto na Lei Federal nº 9.605/98. As denúncias podem ser feitas por meio dos telefones: (77) 3429-7902/7906.



Deixe seu Comentário