8 de abril de 2013 às 14:25

Atingida por incêndio, Cotefave enfrenta prejuízos que superam R$ 200 mil

Da Redação

É isso mesmo: os prejuízos na Comunidade Terapêutica Fazenda Vida e Esperança (Cotefave), presidida pelo padre Edilberto Amorim, podem superar os R$ 200 mil. Tudo por conta de um incêndio que atingiu a entidade, na tarde de sexta-feira (5). A suspeita é que o fogo tenha começado em uma fazenda vizinha, à esquerda da Cotefave, e se alastrado, chegando à entidade, onde encontrou diversos materiais de fácil combustão, a exemplo de madeira apreendia pelo Ibama e que estava guardada na entidade.

Os voluntários tentaram apagar o fogo após perceberem o primeiro foco, mas, favorecidas pelo vento e pela vegetação seca, as chamas aumentaram. O Corpo de Bombeiros de Vitória da Conquista e um carro pipa de Barra Choça foram acionados e, por volta das 18h30, conseguiram controlar o fogo. O incêndio teve início por volta das 15h30.

Cotefave - Blog do Fábio Sena Cotefave incêndio - Blog do Fábio Sena

Segundo o padre Edilberto, “ainda não sabemos o que causou essa fatalidade, mas já estamos acionando os meios legais, a polícia, os órgãos ambientais, a Polícia Federal, o próprio Ibama, para nos certificarmos de como o incêndio chegou até a Cotefave, trazendo um prejuízo tão grande como esse”.

O fogo destruiu muitos bens da fazenda, como a cobertura da marcenaria, madeiras, utensílios da escola (cadeiras e mesas), portas e janelas de ferro, além de seis caminhões de madeiras apreendidas pelo Ibama e que estavam sob os cuidados da Cotefave, como fiel depositária. Além disso, havia pranchas de jequitibás e de vinhático e muitas toras de cedro, tudo fruto de oito processos de apreensão de madeira feitos pelo Ibama.

Transtornado, o diretor-presidente da entidade, padre Edilberto Amorim, demonstrou, em entrevista ao Blog do Jorge Amorim, seu sentimento de indignação.  “Este material foi todo queimado, pegando fogo e trazendo pra gente um prejuízo muito grande e uma frustração maior ainda, pois a gente viu, sem poder fazer nada”, disse o padre, lembrando que quando o Corpo de Bombeiros chegou, juntamente com a água do carro pipa, o fogo já tinha chegado a todos os cantos e destruído tudo.

A Cotefave está situada a 2,5 km do centro de Barra do Choça. Inaugurada em agosto de 2002, tem como meta ajudar pessoas viciadas em álcool e drogas a se libertarem do vício. A entidade sobrevive de doações da sociedade e já ajudou a recuperar muitos indivíduos, promovendo a reinserção deles à sociedade.

Com informações do Blog de Jorge Amorim

Fotos: Blog do Fábio Sena



Deixe seu Comentário